As SMS do presidente do Sporting. Suponha-se jogador do clube e imagine a convivência com este psicopata.

Wednesday, 25 April 2018

'...temos de dar sempre tudo em todos os jogos! Vamos a eles, agora Belém e depois Porto e depois... ganhar até ao final! Agora podem andar todos chateados comigo, mas joguem sempre assim. É essa a minha exigência e acreditem que não são uns assobios que me deitam abaixo, só me dão mais força. E tenho a certeza que vocês preferem um presidente feliz a um não feliz. Hoje não sou um presidente feliz pois não passámos, mas estou orgulhoso pois quem tinha razão desde sempre era eu: vocês têm valor para ganhar tudo, tivessem sempre essa vontade!'

O que é mais infeliz?

a) Plantar isto e isto nos jornais, ou
b) Achar que jogos de futebol e não de tracção à corda se vencem (ou se perdem) com luta, entrega, garra e vontade (ou as suas ausências)?

Ver organismos desportivos cujo sucesso dependerá (numa medida grande, em virtude da sua dimensão) dos resultados alcançados por uma dúzia de equipas em seis ou sete modalidades cujas propriedades são essencialmente técnicas e tácticas nas mãos de indivíduos que vêem na 'entrega' e na 'garra' explicações para vitórias e derrotas não aproximará esses organismos do êxito. Doutro modo, não recrute manequins na secção de queimados do Santa Maria, dirigentes (muito menos presidentes) no Cacifo do Paulinho, ou guardas florestais na praia. Não resulta.

Leave a Reply

Powered by Blogger.