“A substância fundamental do progresso desportivo do Sporting é um fogo clubista que incessantemente se acende. É o suporte de vida do espírito leonino; é uma matéria viva ...”


No que ao Sporting respeita: Inaugurado em Março de 2011, encerrado em Maio de 2014, reaberto sob o mesmo nome mas diferente endereço em Agosto de 2016, é este um pequeno e doméstico espaço onde se olha o passado, o presente e o futuro da maior potência desportiva Nacional.
Ademais: Este é um blogue pessoal no qual se vêem analisados outros temas, bem como um depósito para comentários sobre diversos tópicos que vou deixando um pouco por toda a parte.
Para deixar um comentário: Clica no título do respectivo 'post' (à direita do texto). Alternativamente, usa a tua conta do FB. Regras superficiais de utilização: Emprega bom-senso.

A conversa em “off” que a comadre, a convite do imbecil, organizou com um jornalista admirando-se, mais tarde, por aparecer reproduzida ao público pelo público, uma conversa que apesar de foleira e de ofensiva (sobretudo para o Sporting), acrescenta pouco ao que já sabíamos: Bruno de Carvalho vê os jogadores do seu clube como peças (instrumentalizáveis), os adeptos (sem que neste particular lhe possamos negar muita razão), nas suas palavras, como “carneiros” e, agora, “estúpidos”, vivendo na ilusão de que não só é dono mas também maior do que um clube centenário como o Sporting.

Quando cabeças-de-vento e demagogos se apanham em posições de poder o resultado não pode ser diferente do actual. Só quando este cancro se vir corrido poderá o Sporting reorganizar-se, correndo nessa altura o risco, tal como nos demonstram os últimos 30 anos, que os seus sócios nomeiem outros cancros de natureza diferente. Em todo o caso é este que lá está tratando-se daquele que importa remover.

O Leão de Alvalade desfaz o tema aqui.

A conversa em “off” do Carvalho divulgada pelos carneiros.

Posted on

Tuesday, 6 June 2017

3 Comments
  1. José Fernandes7 June 2017 at 14:06

    Este presidente é qualquer coisa de deprimente... mas o mais giro é assistir ao exercício dessa mesma "carneirada" em tentar desviar as atenções deste caso, discutindo códigos deontológicos dos jornalistas para desviar atenções do conteúdo dessa conversa ridícula de Bruno de Carvalho. Pelos vistos há muita gente que gosta de ter alguém que se consideras muito acima do Sporting Clube de Portugal a presidir o Clube. Quando acordarem (se algum dia acordarem) talvez já seja tarde demais...

    ReplyDelete
  2. José Fernandes,

    Precisaríamos aí de 20 ou 30 anos pujantes como aqueles que o FCP gozou (vitórias em futebol) para regressarmos à normalidade. A maior ameaça ao nosso clube é o tamanho do nosso mercado. O Sporting na minha opinião poderá já ter ultrapassado o "tarde demais" ...

    ReplyDelete
  3. Queria procurar por aí um (uma espécie de) 'artigo' sobre a implantação do FCP actualmente no Sul do país mas não o encontro. O Carvalho - como qualquer bom cabeça-de-vento - julga que o Sporting encarrilhará se for campeão uma vez. Ou duas vezes. Está completamente desfasado da tarefa que temos pela frente. "Temos", salvo seja.

    ReplyDelete

Search This Blog