Eis o Sporting e eis um dos seus mais queridos e saudosos filhos.

Sunday, 28 May 2017 · Posted in ,

Numa altura que vê o jogo privado de boas referências, relembramos o bonito gesto e as briosas palavras de conforto e de esperança que há precisamente 4 anos, o então melhor médio defensivo do campeonato português, capitão do Sporting Clube de Portugal, dirigiu ao público no fim de uma vitória muito sofrida em Alvalade por 2-1, e numa altura em que a principal equipa de futebol do Sporting se arrastava combalida pelo meio da tabela. Nesse momento, extenuado, mas muito feliz, agarrado à insígnia que ostentava no braço, o emocionado capitão correspondeu à dose de carinho que nessa altura jamais lhe seria negada. Depois de Hector Yazalde e de Alberto Acosta, liderando pelo exemplo, Fito Rinaudo foi mais uma obra de uma das mais antigas, importantes  e robustas colecções do desporto mundial. Pensamos evidentemente na histórica aliança entre o Sporting Clube de Portugal e a Argentina, uma que em Portugal mais nenhum clube replica.

Se quiser saber porquê, clique aqui.

Alma que ha de morir de una fragancia,
De un suspiro, de un verso en que se ruega,
Sin perder, a poderlo, su elegancia.

Leave a Reply

Powered by Blogger.