Palmarés

Internacional, equipas

Goalball (D. Adaptado)

1 Taça dos Clubes Campeões Europeus
Hóquei em Patins
:
1 Taça dos Clubes Campeões Europeus
3 Taças dos Vencedores das Taças
2 Taças CERS
Futebol:
1 Taça dos Vencedores das Taças
Atletismo:
Pista feminino
1 Taça dos Clubes Campeões Europeus
Cross masculino
14 Taças dos Clubes Campeões Europeus
Pista masculino
1 Taça dos Clubes Campeões Europeus
Andebol:
2 Taças EHF Challenge

Nacional, equipas

Futebol:
22 Campeonatos Nacionais
16 Taças de Portugal
8 Supertaças Cândido de Oliveira
Andebol
:
18 Campeonatos Nacionais
15 Taças de Portugal
3 Supertaças
Hóquei em Patins:
7 Campeonatos Nacionais
4 Taças de Portugal
2 Supertaças António Livramento
Atletismo:
Pista feminino
46 Campeonatos Nacionais
Pista Coberta feminino
22 Campeonatos Nacionais
Cross feminino

5 Campeonatos Nacionais
Pista masculino

48 Campeonatos Nacionais
Pista Coberta masculino
17 Campeonatos Nacionais
Cross masculino
46 Campeonatos Nacionais
Futsal:
13 Campeonatos Nacionais
5 Taças de Portugal
6 Supertaças
2 Taças da Liga
Natação
:
6 Campeonatos Nacionais feminina
6 Campeonatos Nacionais masculina
2 Taças de Portugal masculina
Basquetebol:
8 Campeonatos Nacionais
5 Taças de Portugal
Voleibol:
2 Taças de Portugal feminino
1 Supertaça feminino
5 Campeonatos Nacionais masculino
3 Taças de Portugal masculino
3 Supertaças masculino

 

 
Inaugurado em Março de 2011, encerrado em Maio de 2014, reaberto sob o mesmo nome mas diferente endereço em Agosto de 2016, é este um pequeno e doméstico espaço onde se olha o passado, o presente e o futuro da maior potência desportiva Nacional.

O melhor do clube são as pessoas, mas não são quaisquer pessoas. Foram os nossos fundadores, atletas e treinadores. É a nossa história. O clube não és tu, não sou eu, nem «somos nós». São eles. As mensagens que publicarmos evidenciarão esse intuito, versando sobre a instituição, a sua notável história, acumulado de feitos presentes e passados, proeminentes homens que a serviram e ergueram, cumprimentando as suas memórias mas mais importante, preservando a sua autoridade, ainda que não vivam entre nós.

Sporting CP 1 - 1 Vitória SC. O Carvalho já tinha avisado ...

Sunday, 5 March 2017


5 comentários:

Anonymous said...

A sua desonestidade faz-me pena. Só um iluminado para não perceber que o responsável por esta época é o treinador dos 8 milhões. Não o Bruno de Carvalho.

Anonymous said...

Já? Eles até tremem.

PCelta said...

Mais uma exibição mto fraca e a teimosia de Jesus no máximo. Da forma como estava o jogo o Podence acrescentaria mais que o Campbell. O Geraldes dará, sempre, mais do que o Bruno César....

Manuel HB said...

Se o problema é Jesus, 86% é uma margem mais do que suficiente para o presidente do Sporting despedi-lo e encontrar uma solução melhor. Tem muito tempo daqui até ao final da época. Fundamental é que não saia chamuscado e a julgar pelos 5 minutos que passou, no fim do jogo, no estádio, com um chefe de claque agarrado ao seu pescoço a dar-lhe indicações ao ouvido, é garantido que independentemente do que acontecer no futebol do Sporting, o director desportivo / presidente / 3º adjunto / médico / comentador / pivot ver-se-á aclamado pela multidão que no fim nada lhe cobrará.

Paulo Bento está disponível.
E há sempre Inácio, claro. Ou João de Deus, lol.

Manuel HB said...

Correcto, em abstracto porque não vi o jogo a partir dos 25m mas Podence é muito mais jogador que Campbell, subscrevo inteiramente PCelta.
Sobre Geraldes nunca falei / não falo muito porque não o conheço, nunca o vi jogar (não vi nada do Moreirense), embora não custe adivinhar julgando pelo que 4 ou 5 pessoas dizem que será um daqueles típicos jogadores "à Sporting", Viana, Moutinho, A. Martins, Adrien, William, até Carlos Martins e tantos outros (não sugerindo que são todos iguais ou sequer parecidos), mas Geraldes pertencerá a esse universo especial, um perfil que nos últimos anos vemos "por acaso" aparecer com muito mais frequência no Benfica e não tanto no Sporting. Mas sobre isso perceber-se-á daqui a uns anos de forma muito mais notória o que já hoje não deixa de ser evidente.

Post a Comment