“A substância fundamental do progresso desportivo do Sporting é um fogo clubista que incessantemente se acende. É o suporte de vida do espírito leonino; é uma matéria viva ...”


No que ao Sporting respeita: Inaugurado em Março de 2011, encerrado em Maio de 2014, reaberto sob o mesmo nome mas diferente endereço em Agosto de 2016, é este um pequeno e doméstico espaço onde se olha o passado, o presente e o futuro da maior potência desportiva Nacional.
Ademais: Este é um blogue pessoal no qual se vêem analisados outros temas, bem como um depósito para comentários sobre diversos tópicos que vou deixando um pouco por toda a parte.
Para deixar um comentário: Clica no título do respectivo 'post' (à direita do texto). Alternativamente, usa a tua conta do FB. Regras superficiais de utilização: Emprega bom-senso.



Dois pequenos trechos que embora descontextualizados nos mostram aquilo que fundamentalmente separa treinadores como Rui Vitória (por quem sinto algum apreço), de monstros como Thomas Tuchel ou Jorge Jesus. Tuchel e Jesus preparam / capacitam as suas equipas naquilo que é o mais importante no futebol de 11: competências tácticas dos seus jogadores. Se o jogo fosse de 3x3 ou 4x4 seria sempre mais forte e ganharia invariavelmente a equipa que tivesse os melhores jogadores. É por isso, é por jogos como aqueles frente ao Nápoles, é por jogos como o da Luz frente ao Sporting, é por jogos como o do Dragão, é pelos jogos frente ao Vitória de Setúbal, é por jogos como o de ontem onde o Benfica foi uma equipa fraquíssima, profundamente incapaz e inábil, que na minha opinião apesar dos bons resultados, nos quais se poderão incluir um bicampeonato e muito boas campanhas Europeias, é um erro desvalorizar as notórias insuficiências de Rui Vitória na sua principal missão como treinador: treinar, ou na forma como não prepara a equipa do Benfica (não sei se a prepara mal ou se simplesmente não a prepara).

Recordemos uma vez mais não porque me interesse massajar o ego de Jorge Jesus, mas a bem do Benfica: "Nunca conseguimos jogar de forma natural. Em nenhuma fase da partida conseguimos fazer o nosso jogo. Foi incrivelmente difícil para nós. Quisemos quatro médios a controlar o jogo mas não foi possível executar." -- Tuchel depois da visita do Sporting à Alemanha
Com um treinador do melhor que existe no mundo e uma equipa com jogadores especialmente bons, por que razão não conseguiu o Dortmund, no seu campo, jogar frente ao Sporting?

A: Porque o Sporting é treinado por Jorge Jesus e tal como Tuchel, JJ é um treinador muito especial.

Uma vez mais: nada tenho contra Rui Vitória. Só não se diga que o seu Benfica "é uma equipa digna de Sachhi" porque isso não é manifestamente verdade. Com 12 sessões de treino para preparar o jogo (não seria preciso mais), alguém que conheço e que até é melhor do que JJ, por aliar enormes qualidades humanas fora do campo de treinos ao génio no campo de treinos, teria dado incomparavelmente melhor réplica ao Borussia Dortmund.

Tuchel, Rui Vitória e a importância de termos um excelente treinador

Posted on

Wednesday, 15 February 2017

Leave a Reply

Search This Blog