No que ao Sporting respeita: Inaugurado em Março de 2011, encerrado em Maio de 2014, reaberto sob o mesmo nome mas diferente endereço em Agosto de 2016, é este um pequeno e doméstico espaço onde se olha o passado, o presente e o futuro da maior potência desportiva Nacional.
O melhor do clube são as pessoas, mas não são quaisquer pessoas. Foram os nossos fundadores, atletas e treinadores. É a nossa história. O clube não és tu, não sou eu, nem «somos nós». São eles. As mensagens que publicarmos evidenciarão esse intuito, versando sobre a instituição, a sua notável história, acumulado de feitos presentes e passados, proeminentes homens que a serviram e ergueram, cumprimentando as suas memórias mas mais importante, preservando a sua autoridade, ainda que não vivam entre nós.
Ademais: Este é um blogue pessoal no qual se vêem analisados outros temas.

Prestação completa aqui.
Para mim quem rouba um tostão rouba um milhão (a acenar com a mão), para mim isso é claro, na minha .. na educação que me deram, e eu isso sou absolutamente intransigente (a acenar com a mão e com cara de mau), ao tostão, ao tostão, e digo-lhe isto, que as pessoas tenham noção (...) percebeu, muito fácil, e isto a mim como sportinguista assusta-me, e graças a Deus, também lhe vou dizer, tenho ainda vivos e espero vir a ter durante muitos anos, tenho uma sorte descomunal, foi o meu pai e a minha mãe: nem um tostão, tem que ser ao tostão, vou-lhe dizer, aqui dentro, aqui dentro, aqui dentro, e pode ir questionar se quiser (apontando para os corredores), em pequenas coisas, quando falta 1 euro a pessoa tira imediatamente do bolso e põe só para não ter problemas comigo, tira logo do bolso, eu comigo não pode falhar nada .. não falha, já vi pessoas a tirarem quase 30 euros e "esqueça senhor presidente, está aqui, certinho", "tá bom", comigo não pode, isso não existe, não pode .. a administração vai almoçar, está aqui 48 horas, decide ir almoçar porque precisa de comer, cada um paga do seu bolso.

Entre encenações patéticas, demagogia e um discurso lastimável que só colhe junto de incautos e/ou atrasados mentais, entre as notícias em diversos órgãos de informação que dão conta das atribulações da sua vida privada (assuntos que só deveriam dizer respeito ao próprio mas que tal como para o FCP e Jorge Nuno Pinto da Costa, são percebidos como públicos a partir do momento em que Bruno de Carvalho fez questão de introduzir no Sporting a figura de Primeira-Dama), ou entre notícias do romance que mantém com uma funcionária do Sporting (link), algo que daria uma boa e proveitosa discussão sobre ética, mal por mal, prefiro de caras que o presidente do Sporting fale do Benfica.

Encenação e auto-elogio em exercícios de oratória para quadrados ...

Posted on

Tuesday, 3 January 2017

3 Comments
  1. Quando ele começou a falar de "tostões", "ao tostão, ao tostão", veio-me logo à memória o, "um escudo é um escudo" do Vale e Azevedo. Scary!

    ReplyDelete
  2. Esta abécula só dá vontade de rir. O verdadeiro autarca dos anos 80, daqueles de 3ª categoria...

    ReplyDelete
  3. Em associação à vida pública, são das personagens que mais facilmente prosperam em Portugal. Hoje como no passado.

    ReplyDelete

Search This Blog