Palmarés

Internacional, equipas

Goalball (D. Adaptado)

1 Taça dos Clubes Campeões Europeus
Hóquei em Patins
:
1 Taça dos Clubes Campeões Europeus
3 Taças dos Vencedores das Taças
2 Taças CERS
Futebol:
1 Taça dos Vencedores das Taças
Atletismo:
Pista feminino
1 Taça dos Clubes Campeões Europeus
Cross masculino
14 Taças dos Clubes Campeões Europeus
Pista masculino
1 Taça dos Clubes Campeões Europeus
Andebol:
2 Taças EHF Challenge

Nacional, equipas

Futebol:
22 Campeonatos Nacionais
16 Taças de Portugal
8 Supertaças Cândido de Oliveira
Andebol
:
18 Campeonatos Nacionais
15 Taças de Portugal
3 Supertaças
Hóquei em Patins:
7 Campeonatos Nacionais
4 Taças de Portugal
2 Supertaças António Livramento
Atletismo:
Pista feminino
46 Campeonatos Nacionais
Pista Coberta feminino
22 Campeonatos Nacionais
Cross feminino

5 Campeonatos Nacionais
Pista masculino

48 Campeonatos Nacionais
Pista Coberta masculino
17 Campeonatos Nacionais
Cross masculino
46 Campeonatos Nacionais
Futsal:
13 Campeonatos Nacionais
5 Taças de Portugal
6 Supertaças
2 Taças da Liga
Natação
:
6 Campeonatos Nacionais feminina
6 Campeonatos Nacionais masculina
2 Taças de Portugal masculina
Basquetebol:
8 Campeonatos Nacionais
5 Taças de Portugal
Voleibol:
2 Taças de Portugal feminino
1 Supertaça feminino
5 Campeonatos Nacionais masculino
3 Taças de Portugal masculino
3 Supertaças masculino

 

 
Inaugurado em Março de 2011, encerrado em Maio de 2014, reaberto sob o mesmo nome mas diferente endereço em Agosto de 2016, é este um pequeno e doméstico espaço onde se olha o passado, o presente e o futuro da maior potência desportiva Nacional.

O melhor do clube são as pessoas, mas não são quaisquer pessoas. Foram os nossos fundadores, atletas e treinadores. É a nossa história. O clube não és tu, não sou eu, nem «somos nós». São eles. As mensagens que publicarmos evidenciarão esse intuito, versando sobre a instituição, a sua notável história, acumulado de feitos presentes e passados, proeminentes homens que a serviram e ergueram, cumprimentando as suas memórias mas mais importante, preservando a sua autoridade, ainda que não vivam entre nós.

Como alienar um plantel e uma equipa em poucos actos. Exemplifica o Sporting.

Tuesday, 17 January 2017

Sinais desencorajadores quando numa semi-crise da equipa de futebol, e na iminência duma eliminatória que poderá contribuir para colorir uma época negra (só a vitória na Taça de Portugal poderá fazê-lo, pelo menos parcialmente), o Sporting parece gastar mais tempo a tentar pintar uma imagem que desresponsabilizando os seus principais decisores, procura vender à opinião pública um quadro que mina por completo a relação desses dirigentes com o seu plantel. Por arrasto, um quadro que fragiliza a relação dos adeptos do Sporting com a sua equipa de futebol.

Quando os capitães Adrien e William, por intermédio da entrevista que concederam ao canal do clube, se viram obrigados (sem ganhos para ninguém e com prejuízos para todos) a tentar minimizar os danos provocados pelo seu presidente após o jogo no passado sábado, numa forma que infelizmente expôs o Sporting e os próprios ao ridículo (nada que perturbe quem os colocou naquela posição, habituado que está a permanentemente instrumentalizar atletas e técnicos do Sporting), e uma entrevista que só acentuou o desconforto provocado pela visita do presidente do Sporting ao balneário, a mensagem que se passou para a equipa do Sporting foi só uma: nós, dirigentes do Sporting, não estamos convosco.
Estas declarações de Pedro Batista, director da Fundação Sporting e um indivíduo próximo de Bruno de Carvalho, são infelizmente mais do mesmo, carregando nos chavões parvos que atribuem os maus resultados a falta de empenho e de esforço dos jogadores e, pior do que isso, introduzindo elementos de mau gosto como ainda têm energia para sair à noite após os jogos, declarações que contribuem para a diabolização da imagem desses mesmos jogadores.
Não se tratando Jorge Jesus de um treinador famoso na esfera de relações humanas e pela gestão emocional dos jogadores nos seus plantéis, torna-se claro que os jogadores do Sporting estão irremediavelmente entregues a si próprios.

O grande prejudicado será o Sporting.

0 comentários:

Post a Comment