“A substância fundamental do progresso desportivo do Sporting é um fogo clubista que incessantemente se acende. É o suporte de vida do espírito leonino; é uma matéria viva ...”


No que ao Sporting respeita: Inaugurado em Março de 2011, encerrado em Maio de 2014, reaberto sob o mesmo nome mas diferente endereço em Agosto de 2016, é este um pequeno e doméstico espaço onde se olha o passado, o presente e o futuro da maior potência desportiva Nacional.
Ademais: Este é um blogue pessoal no qual se vêem analisados outros temas, bem como um depósito para comentários sobre diversos tópicos que vou deixando um pouco por toda a parte.
Para deixar um comentário: Clica no título do respectivo 'post' (à direita do texto). Alternativamente, usa a tua conta do FB. Regras superficiais de utilização: Emprega bom-senso.

Já não impressiona a falta de capacidade do treinador do Benfica para se superiorizar num aspecto que seja. Um qualquer que fosse. Esta noite, jogando em casa e na condição de líder, acabado de se apurar para a fase seguinte da competição europeia que disputa, já estaria aos 12 / 13 minutos da 1ª parte a perder por 2-0 assim o Sporting tivesse 1 ou 2 jogadores um pouco mais talentosos.  2 ou 3 golos em 20 minutos negados pela deficiente definição dos lances que os jogadores mais avançados do Sporting recorrentemente exibem.

Em Rui Vitória, a sua incapacidade e a impotência à qual sujeita a sua equipa são dados adquiridos, impotência que se vê felizmente (para o Benfica) suprida pela qualidade dos seus jogadores (Rafa mas não só).
Daí, impressionante só mesmo a supremacia da equipa de Jesus sobre o Benfica desde o 1º minuto. Não obstante ser claro que dá 10-0 a R. Vitória em qualquer parcela (treino, comunicação ou noutra coisa qualquer), pessoalmente não esperava uma diferença tão grande entre as equipas esta noite. Já se discutiram os porquês da superioridade do Sporting não se traduzir em resultados mas enquanto tivermos este treinador, é mais ou menos nítido que nunca estaremos totalmente arredados da luta pelo título.

Vitória em toda a linha para o suspeito do costume.

Posted on

Sunday, 11 December 2016

9 Comments
  1. 3º a 5 pontos, atrás do Porco e fora da Liga "Óropa".

    Não há dúvidas que o Chiclas dá 10-0 ao Rui Vitória!

    ReplyDelete
  2. De acordo, amigo. Completamente de acordo.

    ReplyDelete
    Replies
    1. Foi notório desde os primeiros minutos qual a melhor equipa em campo e a que estava mais confortável no jogo. Quando há uma semana disse "o Sporting vai levar na pá" respondeste com muitas reservas. O jogo mais uma vez (que surpresa) deu-te razão. Eu não esperava que estivéssemos sempre por cima e essa espécie de presságio não tinha a ver com pessimismo, mas com os efeitos que a possibilidade de deixar o SCP a 5 pontos, a atmosfera do jogo e o ambiente do estádio teriam em 4 ou 5 jogadores do SLB, aliada à sua qualidade e às debilidades de alguns jogadores do Sporting.

      Enganei-me e ainda bem.

      Delete
  3. Se o Benfica tivesse também 2 jogadores mais talentosos, como o Messi e o Ronaldo, também dava 10-0 ao "grande" Sporting. A lógica da batata daqueles que, "jogam como nunca, perdem como sempre".

    ReplyDelete
  4. Concordo, a vitória foi, uma vez mais, para o suspeito do costume: o adversário do Sporting

    (um abraço Manuel HB - grande coragem para escrever e publicar este texto)

    ReplyDelete
    Replies
    1. Percebo Cantinho (acabo de ler-te no teu blogue), mas não há motivos para deitar a toalha ao chão. Um empate do SLB e voltamos a depender de nós, quando ainda os receberemos em Alvalade.
      Aquilo que RV afirmou de forma extemporânea e descabida, comandando uma equipa imensamente superior à do seu adversário, "não admito que digam que o Marítimo foi melhor que o Benfica" vale hoje para o baile que levou do treinador do Sporting. Custa ver ficar com os créditos quem não merece, especialmente adivinhando-se o que aí virá no interior do próprio Sporting. Neste caso nem é quem menos merece ...

      Um abraço.

      Delete
    2. Manuel HB,

      é impossível o Sporting vencer a Liga. Ou é impossível o SLB perder a Liga. É escolher.
      O nosso plantel é limitado e temos de jogar, sempre, a 100% e sem erros. Tudo tem de ser no máximo. Nos adversários, isso nem sempre é preciso (como hoje bem se viu).
      4ª feira é o jogo da época. E é este tipo de desespero que faz parte da nossa história e estou farto que seja assim.

      um abraço

      Delete
  5. "Foi um jogo à Benfica, com a nossa equipa a demonstrar um enorme carácter e uma grande vontade de ganhar", começou por analisar o técnico encarnado, na 'flash-interview' da BTV, indo, depois, um pouco mais ao pormenor. "O jogo tinha de ser, por vezes, bem jogado e, outras, bem disputado do ponto de vista competitivo. Fizemos isso. Quando tínhamos de defender, defendemos, quando tínhamos de contra-atacar, também o fizemos. Foi um jogo bem disputado mas, perante esta moldura humana, a vitória tinha de ficar para nós."

    Não há pachorra para os lugares-comuns e este registo desinteligente de RV. E eu não sou benfiquista.

    ReplyDelete
    Replies
    1. Dor de corno é fodida... experimenta supositórios Rennie em tamanho XL, pode ser que passe!

      Delete

Search This Blog