No que ao Sporting respeita: Inaugurado em Março de 2011, encerrado em Maio de 2014, reaberto sob o mesmo nome mas diferente endereço em Agosto de 2016, é este um pequeno e doméstico espaço onde se olha o passado, o presente e o futuro da maior potência desportiva Nacional.
O melhor do clube são as pessoas, mas não são quaisquer pessoas. Foram os nossos fundadores, atletas e treinadores. É a nossa história. O clube não és tu, não sou eu, nem «somos nós». São eles. As mensagens que publicarmos evidenciarão esse intuito, versando sobre a instituição, a sua notável história, acumulado de feitos presentes e passados, proeminentes homens que a serviram e ergueram, cumprimentando as suas memórias mas mais importante, preservando a sua autoridade, ainda que não vivam entre nós.
Ademais: Este é um blogue pessoal no qual se vêem analisados outros temas.

A 24 de Dezembro de 1933, em jogo amigável, farão amanhã 83 anos, o Sporting recebeu no Campo Grande os austríacos do First Vienna FC. Fundado em 1894, o Vienna é o clube mais antigo de Áustria e nos anos 30 tratava-se de uma das mais fortes formações de futebol na Europa, tendo sido um dos primeiros emblemas do Velho Continente a conquistar um troféu internacional de futebol: Mitropa Cup em 1931 (link), prestigiadíssimo título conquistado só com vitórias (6 jogos) pelos campeões austríacos de 1932/33.
Não existem fotografias do jogo de 24 de Dezembro mas a imagem mais abaixo mostra-nos a equipa do Sporting em 1934. Sagrando-se campeã Nacional pela 2ª vez na sua história, a equipa do Sporting comandada pelo húngaro Rodolf Jenny (treinador-jogador), sagrar-se-ia também campeã de Lisboa. Foi uma época a todos os títulos notável, na qual o clube de José Alvalade perdeu somente um jogo nas duas provas. Nesta mesma época, os poderosos leões goleariam no Campo Grande os espanhóis do Atlético de Madrid por 4-1, confronto de tremenda importância já que 19 dias antes, no estádio Chamartín em Madrid, a Selecção de Espanha esmagara a congénere lusitana por estrondosos 9-0. Para fechar a temporada, estava reservado para 15 de Julho de 1934 um dos mais magníficos jogos de futebol de todos os tempos, quando a formidável Selecção do Brasil viajou para Portugal a fim de medir forças com os campeões Nacionais, campeões (Sporting) cuja fama ultrapassava porventura a reputação da Selecção Portuguesa. O Sporting ver-se-ia infelizmente derrotado por 1-6.
Amanhã, com alegria, sabedores do que esta quadra representa, quando sentados à mesa a comer os bolos de Natal, guardem com decência uma oração para os campeões Nacionais que há 83 anos, em condições terríveis, a esta hora, derrotavam em nome do Sporting os famosos campeões austríacos. E já que falamos em austríacos, recordemos de igual modo que em 24 de Dezembro de 1933, à hora que o Sporting jogava, as sinistras Nacional-Socialistas bandeiras vermelhas e brancas da Águia Nazi já sobrevoavam os céus da Alemanha. Muitas mais lutas teria o Sporting pela frente, em face do novo Chancellor que nesse ano se apoderou dos destinos do povo germânico. Bom Natal a todos.

Ninguém derrotava o Sporting, no Natal. Pelo menos em 1933.

Posted on

Friday, 23 December 2016

1 Comment
  1. Só glória! Natal Feliz!

    ReplyDelete

Search This Blog