No que ao Sporting respeita: Inaugurado em Março de 2011, encerrado em Maio de 2014, reaberto sob o mesmo nome mas diferente endereço em Agosto de 2016, é este um pequeno e doméstico espaço onde se olha o passado, o presente e o futuro da maior potência desportiva Nacional.
O melhor do clube são as pessoas, mas não são quaisquer pessoas. Foram os nossos fundadores, atletas e treinadores. É a nossa história. O clube não és tu, não sou eu, nem «somos nós». São eles. As mensagens que publicarmos evidenciarão esse intuito, versando sobre a instituição, a sua notável história, acumulado de feitos presentes e passados, proeminentes homens que a serviram e ergueram, cumprimentando as suas memórias mas mais importante, preservando a sua autoridade, ainda que não vivam entre nós.
Ademais: Este é um blogue pessoal no qual se vêem analisados outros temas.

Com um plantel mal construído (porque construído por dirigentes incapazes) no qual sobressaem opções em qualidade muito aquém das dos seus principais rivais: Mata Real (Paços de Ferreira), Alvalade em clássico frente a FC Porto, Real Madrid no Santiago Bernabéu, Guimarães, novamente Alvalade na recepção ao Borussia e finalmente esta noite em Dortmund, jogos que somados a tantos outros que o Sporting fez na última temporada deveriam, independentemente dos resultados, ser mais do que suficientes para que conseguíssemos identificar a grande mais-valia do actual futebol do Sporting - treinador Jorge Jesus.
Ainda assim, na sequência dum jogo em que somámos mais um resultado negativo, continuaremos a ver os exercícios de quem no último mês critica de forma desonesta JJ com o singular propósito de atingir Bruno de Carvalho, bem como os exercícios de quem critica Jorge Jesus por ser incapaz de perceber aquilo que em maioria de razão limita ou prejudica o futebol do Sporting. Quando refiro critica não pretendo evidentemente sugerir que o treinador do Sporting está acima dela (crítica) nem que fez / faz / fará tudo bem feito, mas simplesmente evidenciar o absurdo de apontá-lo como o maior responsável pela onda de maus resultados que nos afecta. O treinador do Sporting não só não é o maior responsável pelos maus resultados quando é simultaneamente a fonte das nossas principais virtudes.

Muita competência em Dortmund

Posted on

Wednesday, 2 November 2016

Category

,

1 Comment
  1. Isto é que é uma paixão. Mais uma vez não fomos para o intervalo com dois ou três no saco com muita sorte.

    ReplyDelete

Search This Blog