Palmarés

Internacional, equipas

Goalball (D. Adaptado)

1 Taça dos Clubes Campeões Europeus
Hóquei em Patins
:
1 Taça dos Clubes Campeões Europeus
3 Taças dos Vencedores das Taças
2 Taças CERS
Futebol:
1 Taça dos Vencedores das Taças
Atletismo:
Pista feminino
1 Taça dos Clubes Campeões Europeus
Cross masculino
14 Taças dos Clubes Campeões Europeus
Pista masculino
1 Taça dos Clubes Campeões Europeus
Andebol:
2 Taças EHF Challenge

Nacional, equipas

Futebol:
22 Campeonatos Nacionais
16 Taças de Portugal
8 Supertaças Cândido de Oliveira
Andebol
:
18 Campeonatos Nacionais
15 Taças de Portugal
3 Supertaças
Hóquei em Patins:
7 Campeonatos Nacionais
4 Taças de Portugal
2 Supertaças António Livramento
Atletismo:
Pista feminino
46 Campeonatos Nacionais
Pista Coberta feminino
22 Campeonatos Nacionais
Cross feminino

5 Campeonatos Nacionais
Pista masculino

48 Campeonatos Nacionais
Pista Coberta masculino
17 Campeonatos Nacionais
Cross masculino
46 Campeonatos Nacionais
Futsal:
13 Campeonatos Nacionais
5 Taças de Portugal
6 Supertaças
2 Taças da Liga
Natação
:
6 Campeonatos Nacionais feminina
6 Campeonatos Nacionais masculina
2 Taças de Portugal masculina
Basquetebol:
8 Campeonatos Nacionais
5 Taças de Portugal
Voleibol:
2 Taças de Portugal feminino
1 Supertaça feminino
5 Campeonatos Nacionais masculino
3 Taças de Portugal masculino
3 Supertaças masculino

 

 
Inaugurado em Março de 2011, encerrado em Maio de 2014, reaberto sob o mesmo nome mas diferente endereço em Agosto de 2016, é este um pequeno e doméstico espaço onde se olha o passado, o presente e o futuro da maior potência desportiva Nacional.

O melhor do clube são as pessoas, mas não são quaisquer pessoas. Foram os nossos fundadores, atletas e treinadores. É a nossa história. O clube não és tu, não sou eu, nem «somos nós». São eles. As mensagens que publicarmos evidenciarão esse intuito, versando sobre a instituição, a sua notável história, acumulado de feitos presentes e passados, proeminentes homens que a serviram e ergueram, cumprimentando as suas memórias mas mais importante, preservando a sua autoridade, ainda que não vivam entre nós.

A equipa menos competente mas melhor apetrechada segue na liderança

Monday, 7 November 2016

Ao fim de sucessivas jornadas que nos viram perder 6 pontos o Sporting regressou às vitórias na frente doméstica. Já era tempo. Encurtada a distância para o 1º e na certeza de que Jorge Jesus continuará a procurar e, na maioria dos casos, a encontrar soluções para os problemas da sua equipa (v. Dortmund), os resultados desta noite permitem-nos sonhar que numa das 2 próximas jornadas o Benfica escorregue e perca novamente pontos. Perdendo-os, pode ser que o Sporting tenha a oportunidade de entrar no estádio da Luz em condições de dele sair no topo da classificação. Apesar de pouco provável existirá alguma esperança. E não é provável já que além duma jornada no Bessa, da recepção ao Vitória e de uma ida a Varsóvia, o balão de confiança da equipa de Rui Vitória está hoje mais cheio do que nunca. Presumindo-se que os jogadores jogam como treinam e que fazem o que lhes é pedido, tendo Rui Vitória capacitado os seus jogadores para perderem no Dragão, o empate que o Benfica alcançou com a ajuda do FCP é sinónimo de 1 ponto (nunca se habilitou a mais) mas é igualmente sinónimo de moral. Hoje tal como daqui para a frente, muito forte e sempre favorito na Luz frente a adversários individualmente muito frágeis, sempre exposto fora da Luz frente a adversários ainda inferiores, confrontos que envolvam um grau de dificuldade razoável são suficientes para que se descubram as limitações e o despreparo deste Benfica. Infelizmente, dado o atraso e dado que não temos à nossa disposição os mesmos jogadores dos rivais, permaneceremos pouco favoritos ao 1º lugar do campeonato.

Dortmund e Porto, jogos de grau de dificuldade muito elevado para os 3 candidatos ao título, numa semana que espelha de modo perfeito as virtudes de uns  e de outros. É este o principal motivo, no Sporting, para que se percebam estes 2 ou 3 anos de Jorge Jesus como uma oportunidade deitada ao lixo.

Não podem ver-se percebidos de outra forma.

0 comentários:

Post a Comment