Palmarés

Internacional, equipas

Goalball (D. Adaptado)

1 Taça dos Clubes Campeões Europeus
Hóquei em Patins
:
1 Taça dos Clubes Campeões Europeus
3 Taças dos Vencedores das Taças
2 Taças CERS
Futebol:
1 Taça dos Vencedores das Taças
Atletismo:
Pista feminino
1 Taça dos Clubes Campeões Europeus
Cross masculino
14 Taças dos Clubes Campeões Europeus
Pista masculino
1 Taça dos Clubes Campeões Europeus
Andebol:
2 Taças EHF Challenge

Nacional, equipas

Futebol:
22 Campeonatos Nacionais
16 Taças de Portugal
8 Supertaças Cândido de Oliveira
Andebol
:
18 Campeonatos Nacionais
15 Taças de Portugal
3 Supertaças
Hóquei em Patins:
7 Campeonatos Nacionais
4 Taças de Portugal
2 Supertaças António Livramento
Atletismo:
Pista feminino
46 Campeonatos Nacionais
Pista Coberta feminino
22 Campeonatos Nacionais
Cross feminino

5 Campeonatos Nacionais
Pista masculino

48 Campeonatos Nacionais
Pista Coberta masculino
17 Campeonatos Nacionais
Cross masculino
46 Campeonatos Nacionais
Futsal:
13 Campeonatos Nacionais
5 Taças de Portugal
6 Supertaças
2 Taças da Liga
Natação
:
6 Campeonatos Nacionais feminina
6 Campeonatos Nacionais masculina
2 Taças de Portugal masculina
Basquetebol:
8 Campeonatos Nacionais
5 Taças de Portugal
Voleibol:
2 Taças de Portugal feminino
1 Supertaça feminino
5 Campeonatos Nacionais masculino
3 Taças de Portugal masculino
3 Supertaças masculino

 

 
Inaugurado em Março de 2011, encerrado em Maio de 2014, reaberto sob o mesmo nome mas diferente endereço em Agosto de 2016, é este um pequeno e doméstico espaço onde se olha o passado, o presente e o futuro da maior potência desportiva Nacional.

O melhor do clube são as pessoas, mas não são quaisquer pessoas. Foram os nossos fundadores, atletas e treinadores. É a nossa história. O clube não és tu, não sou eu, nem «somos nós». São eles. As mensagens que publicarmos evidenciarão esse intuito, versando sobre a instituição, a sua notável história, acumulado de feitos presentes e passados, proeminentes homens que a serviram e ergueram, cumprimentando as suas memórias mas mais importante, preservando a sua autoridade, ainda que não vivam entre nós.

Sporting Clube de Jorge Jesus

Wednesday, 14 September 2016

... muita gente se entreterá a discutir aquilo que a equipa do Real não consegue fazer frente ao Sporting, no post abaixo,  em referência às presumíveis causas que a meia-hora do fim do jogo e no final serviriam de explicação para esse mesmo jogo: 'Real apagado e desinspirado', 'Zidane poupou alguma coisa', 'Ronaldo apagado' e coisas do género, quando a explicação seria só uma: Jorge Jesus. Agora, nem essas presumíveis causas se verão discutidas porque o Real acabou por ganhar. Ver-se-ão (já se viram) substituídas por 'Ronaldo fantástico lá apareceu, ainda que apagado', 'O Sporting foi brilhante mas teve azar', 'Jorge Jesus não refrescou ou refrescou mal' (lol), 'Zidane leu o jogo e as substituições resultaram'. Foi um dos jogadores que entrou perto do fim a fazer o 2º golo, não foi? É muito injusto para o treinador do Sporting.

Se o imbecil e os lacaios do imbecil da lipoaspiração no lugar de andarem a distribuir pela imprensa, antes do jogo, imagens da nota que escreveu a Ronaldo com o singular intuito de pela 1000ª vez, nos últimos 4 dias, se pôr em bicos dos pés, se se preocupasse mais em ser um bocadinho tão bom quanto o seu treinador (só seria preciso um bocadinho), o Sporting seria muito melhor do que é. Andaria seguramente mais direito e já teria um título de campeão no bolso. Falta pouco para começar a ver Coates como um central razoável e nada mais do que isso. Não se admite que ao fim de tanto dinheiro gasto uma equipa de 11 jogadores se resuma a 3 ou 4. É estúpido.

O treinador do Sporting merecia muito mais do que isto.

0 comentários:

Post a Comment