“A substância fundamental do progresso desportivo do Sporting é um fogo clubista que incessantemente se acende. É o suporte de vida do espírito leonino; é uma matéria viva ...”


No que ao Sporting respeita: Inaugurado em Março de 2011, encerrado em Maio de 2014, reaberto sob o mesmo nome mas diferente endereço em Agosto de 2016, é este um pequeno e doméstico espaço onde se olha o passado, o presente e o futuro da maior potência desportiva Nacional.
Ademais: Este é um blogue pessoal no qual se vêem analisados outros temas, bem como um depósito para comentários sobre diversos tópicos que vou deixando um pouco por toda a parte.
Para deixar um comentário: Clica no título do respectivo 'post' (à direita do texto). Alternativamente, usa a tua conta do FB. Regras superficiais de utilização: Emprega bom-senso.

... muita gente se entreterá a discutir aquilo que a equipa do Real não consegue fazer frente ao Sporting, no post abaixo,  em referência às presumíveis causas que a meia-hora do fim do jogo e no final serviriam de explicação para esse mesmo jogo: 'Real apagado e desinspirado', 'Zidane poupou alguma coisa', 'Ronaldo apagado' e coisas do género, quando a explicação seria só uma: Jorge Jesus. Agora, nem essas presumíveis causas se verão discutidas porque o Real acabou por ganhar. Ver-se-ão (já se viram) substituídas por 'Ronaldo fantástico lá apareceu, ainda que apagado', 'O Sporting foi brilhante mas teve azar', 'Jorge Jesus não refrescou ou refrescou mal' (lol), 'Zidane leu o jogo e as substituições resultaram'. Foi um dos jogadores que entrou perto do fim a fazer o 2º golo, não foi? É muito injusto para o treinador do Sporting.

Se o imbecil e os lacaios do imbecil da lipoaspiração no lugar de andarem a distribuir pela imprensa, antes do jogo, imagens da nota que escreveu a Ronaldo com o singular intuito de pela 1000ª vez, nos últimos 4 dias, se pôr em bicos dos pés, se se preocupasse mais em ser um bocadinho tão bom quanto o seu treinador (só seria preciso um bocadinho), o Sporting seria muito melhor do que é. Andaria seguramente mais direito e já teria um título de campeão no bolso. Falta pouco para começar a ver Coates como um central razoável e nada mais do que isso. Não se admite que ao fim de tanto dinheiro gasto uma equipa de 11 jogadores se resuma a 3 ou 4. É estúpido.

O treinador do Sporting merecia muito mais do que isto.

Sporting Clube de Jorge Jesus

Posted on

Wednesday, 14 September 2016

Category

Leave a Reply

Search This Blog