Palmarés

Internacional, equipas

Goalball (D. Adaptado)

1 Taça dos Clubes Campeões Europeus
Hóquei em Patins
:
1 Taça dos Clubes Campeões Europeus
3 Taças dos Vencedores das Taças
2 Taças CERS
Futebol:
1 Taça dos Vencedores das Taças
Atletismo:
Pista feminino
1 Taça dos Clubes Campeões Europeus
Cross masculino
14 Taças dos Clubes Campeões Europeus
Pista masculino
1 Taça dos Clubes Campeões Europeus
Andebol:
2 Taças EHF Challenge

Nacional, equipas

Futebol:
22 Campeonatos Nacionais
16 Taças de Portugal
8 Supertaças Cândido de Oliveira
Andebol
:
18 Campeonatos Nacionais
15 Taças de Portugal
3 Supertaças
Hóquei em Patins:
7 Campeonatos Nacionais
4 Taças de Portugal
2 Supertaças António Livramento
Atletismo:
Pista feminino
46 Campeonatos Nacionais
Pista Coberta feminino
22 Campeonatos Nacionais
Cross feminino

5 Campeonatos Nacionais
Pista masculino

48 Campeonatos Nacionais
Pista Coberta masculino
17 Campeonatos Nacionais
Cross masculino
46 Campeonatos Nacionais
Futsal:
13 Campeonatos Nacionais
5 Taças de Portugal
6 Supertaças
2 Taças da Liga
Natação
:
6 Campeonatos Nacionais feminina
6 Campeonatos Nacionais masculina
2 Taças de Portugal masculina
Basquetebol:
8 Campeonatos Nacionais
5 Taças de Portugal
Voleibol:
2 Taças de Portugal feminino
1 Supertaça feminino
5 Campeonatos Nacionais masculino
3 Taças de Portugal masculino
3 Supertaças masculino

 

 
Inaugurado em Março de 2011, encerrado em Maio de 2014, reaberto sob o mesmo nome mas diferente endereço em Agosto de 2016, é este um pequeno e doméstico espaço onde se olha o passado, o presente e o futuro da maior potência desportiva Nacional.

O melhor do clube são as pessoas, mas não são quaisquer pessoas. Foram os nossos fundadores, atletas e treinadores. É a nossa história. O clube não és tu, não sou eu, nem «somos nós». São eles. As mensagens que publicarmos evidenciarão esse intuito, versando sobre a instituição, a sua notável história, acumulado de feitos presentes e passados, proeminentes homens que a serviram e ergueram, cumprimentando as suas memórias mas mais importante, preservando a sua autoridade, ainda que não vivam entre nós.

Muitas desculpas pela mistura com Pinas e Barrosos

Tuesday, 30 August 2016

A respeito disto: O Pina é mais uma personagem sociotelevisiva que ganha notoriedade com o futebol, à semelhança, só para o Sporting, de alguém como Eduardo Barroso. O Pina como de Sporting e de futebol é zero mas julgando pela maioria das suas intervenções, tratando-se fundamentalmente duma pessoa intelectualmente desonesta, qualquer aparição num, Sporting, ou noutro, futebol, evidenciará a sua mediocridade nos dois temas. A responsabilidade é de quem lhe dá espaço de antena. É possível que sobre alguma graça. Não vendo esses programas não sei se sobra mas admito a possibilidade.

Poderia o Sporting ver-se representado nesse género de espaços por sportinguistas que se destacam em áreas não relacionadas com futebol, ou duma forma mais ou menos (para menos) directa com o clube, pessoas como nós que nem terão um grande entendimento do jogo ou sequer de Sporting num sentido pouco superficial mas que pelas suas intrínsecas e profundamente admiráveis qualidade, inteligência, honestidade e generosidade representá-lo-iam, Sporting, lindamente? Sim. Existem muitas.

Na imagem temos uma, alguém que um dia vi, num programa cujo nome não recordo, na sua primeira intervenção, num minuto, fazer o Sporting ganhar logo de goleada. Qual é o maior problema dos Pina e Barroso? Não é seguramente transformarem uma ou duas horas de televisão em lixo - isso já abunda com ou sem eles. O problema é que tal como os Pedro Guerra do Benfica e muitos outros destes ou outros clubes, estes indivíduos acabam por efectivamente transmitir uma imagem sobre o Sporting, como expliquei, uma imagem que o desrepresenta. Mas uma imagem que cola. Esse é o problema.

1 comentários:

MM said...

Portuense: um dos mais magníficos de todos os tempos.
São pessoas como o SG por quem temos de temer desaparecimento. Insubstituíveis.

Post a Comment