Monday, 15 August 2016

Grande autor do maior feito do futebol do Sporting até hoje

Desprezando algum exagero ou alguma incorrecção contida no título, reforçando o carácter decisivo que 3 golos apontados ao Manchester United tiveram na epopeia que trouxe ao Sporting a sua única conquista europeia em futebol, até hoje. Foi a 18 de Março de 1964, de Atalanta a Antuérpia (Duerne) com passagens por Barcelona, Lisboa, Manchester, Lyon, Madrid e Heysel, Bruxelas.

Não foi só em 1964 que a terra estremeceu e verde se tornou.

A 15 de Agosto de 2002, completam-se hoje 14 anos, a terra também estremeceu quando a vida decidiu que Osvaldo Silva deveria nela cair pintando-a de verde.

Um dia triste para os sportinguistas e para mim (Pedro Oliveira) em particular, que tive o prazer de conhecer e passar muitas horas à conversa com ele.

Em Portugal, com início no FC Porto, passando por Leixões onde venceu a taça de Portugal em 1960, justamente frente ao emblema da Invicta, e uma carreira absolutamente admirável ao serviço do Sporting Clube de Portugal, terminada nos Olhanense e AC. Viseu. No Sporting, além de exímio jogador foi também treinador principal, adjunto de Jozef Vengloš, John Toshack, António Oliveira e Alfredo Di Stéfano, bem como treinador de equipas dos nossos escalões de formação.

De regresso à memorável noite no José Alvalade frente ao gigante de Manchester:  Pedro, Pedro, nós nesse jogo jogamos com mais, nessa altura não havia substituições, sabia?

0 comentários

Post a Comment