“A substância fundamental do progresso desportivo do Sporting é um fogo clubista que incessantemente se acende. É o suporte de vida do espírito leonino; é uma matéria viva ...”


No que ao Sporting respeita: Inaugurado em Março de 2011, encerrado em Maio de 2014, reaberto sob o mesmo nome mas diferente endereço em Agosto de 2016, é este um pequeno e doméstico espaço onde se olha o passado, o presente e o futuro da maior potência desportiva Nacional.
Ademais: Este é um blogue pessoal no qual se vêem analisados outros temas, bem como um depósito para comentários sobre diversos tópicos que vou deixando um pouco por toda a parte.
Para deixar um comentário: Clica no título do respectivo 'post' (à direita do texto). Alternativamente, usa a tua conta do FB. Regras superficiais de utilização: Emprega bom-senso.

No final de uma época agridoce, marcada tanto por expectativas positivas (ao início) como por frequentes desilusões (com o passar das jornadas), na qual a descida de divisão pareceu durante largo tempo um destino provável, é com bastante alegria que vemos o Clube de Futebol “Os Belenenses” garantir esta tarde a sua permanência na principal divisão do futebol Português.
Nessa cruz que foi o tema das conquistas d'além-mar, muitos parabéns ao grande CF “Os Belenenses”.

Desta já nos safámos, outra vez.

Posted on

Saturday, 10 May 2014

2 Comments
  1. a doença do Van der Gaag estragou a época toda. Andou-se mais de meia época a meio gaz... com soluções interinas...

    ReplyDelete
  2. Verdade Maldini, esperemos que M. van der Gaag ainda dê muitas cartas, na liga Portuguesa ou noutra qualquer, porque como jogador e treinador deixou sempre um rasto de qualidade por onde passou. Para o Belenenses, também não ajudou a excessiva infelicidade na 1ª meia-dúzia de jogos do campeonato, onde os resultados não fizeram jus ao futebol praticado. 2 pontos em 6 jornadas foi muito pesado.

    Um abraço.

    Viste o Beto hoje? Guarda-redes perfeito. Tranquilidade exibida, perfeito a jogar com os pés, perfeito entre os postes e perfeito a defender penalties. Uma maravilha. E é tão bom ver Carriço a jogar como central. Do lado do Benfica, infelicidade porque perdem o troféu sem perder um único jogo na prova e um enorme jogo de Garay. Garay não merecia ter perdido. Nem merecia levar com Sulejmanis e Andrés Almeidas no 11 inicial.

    ReplyDelete

Search This Blog