Palmarés

Internacional, equipas

Goalball (D. Adaptado)

1 Taça dos Clubes Campeões Europeus
Hóquei em Patins
:
1 Taça dos Clubes Campeões Europeus
3 Taças dos Vencedores das Taças
2 Taças CERS
Futebol:
1 Taça dos Vencedores das Taças
Atletismo:
Pista feminino
1 Taça dos Clubes Campeões Europeus
Cross masculino
14 Taças dos Clubes Campeões Europeus
Pista masculino
1 Taça dos Clubes Campeões Europeus
Andebol:
2 Taças EHF Challenge

Nacional, equipas

Futebol:
22 Campeonatos Nacionais
16 Taças de Portugal
8 Supertaças Cândido de Oliveira
Andebol
:
18 Campeonatos Nacionais
15 Taças de Portugal
3 Supertaças
Hóquei em Patins:
7 Campeonatos Nacionais
4 Taças de Portugal
2 Supertaças António Livramento
Atletismo:
Pista feminino
46 Campeonatos Nacionais
Pista Coberta feminino
22 Campeonatos Nacionais
Cross feminino

5 Campeonatos Nacionais
Pista masculino

48 Campeonatos Nacionais
Pista Coberta masculino
17 Campeonatos Nacionais
Cross masculino
46 Campeonatos Nacionais
Futsal:
13 Campeonatos Nacionais
5 Taças de Portugal
6 Supertaças
2 Taças da Liga
Natação
:
6 Campeonatos Nacionais feminina
6 Campeonatos Nacionais masculina
2 Taças de Portugal masculina
Basquetebol:
8 Campeonatos Nacionais
5 Taças de Portugal
Voleibol:
2 Taças de Portugal feminino
1 Supertaça feminino
5 Campeonatos Nacionais masculino
3 Taças de Portugal masculino
3 Supertaças masculino

 

 
Inaugurado em Março de 2011, encerrado em Maio de 2014, reaberto sob o mesmo nome mas diferente endereço em Agosto de 2016, é este um pequeno e doméstico espaço onde se olha o passado, o presente e o futuro da maior potência desportiva Nacional.

O melhor do clube são as pessoas, mas não são quaisquer pessoas. Foram os nossos fundadores, atletas e treinadores. É a nossa história. O clube não és tu, não sou eu, nem «somos nós». São eles. As mensagens que publicarmos evidenciarão esse intuito, versando sobre a instituição, a sua notável história, acumulado de feitos presentes e passados, proeminentes homens que a serviram e ergueram, cumprimentando as suas memórias mas mais importante, preservando a sua autoridade, ainda que não vivam entre nós.

Liga Europa, 2ª meia-final em 3 temporadas.

Thursday, 10 April 2014

Depois de 2011/12, com o Sporting, eis Daniel Carriço em 2013/14 novamente apurado para a meia-final de uma competição Europeia de futebol. É muito satisfatório ver bons jogadores de quem gostamos somarem bons desempenhos e bons resultados em bons clubes de muito bons campeonatos. Note-se que além da carreira na Liga Europa, Sevilla FC é neste momento o 5º classificado em Espanha. Por mais mediano que se paute o percurso do FCP ao longo da época, 4-1 é sob qualquer critério um resultado estrondoso para o clube da Andaluzia, porque alcançado frente a um dos mais notórios emblemas das provas da UEFA.

Muitos parabéns ao ex-defesa e capitão do Sporting.

2 comentários:

Moreira said...

Um injustiçado, este Carriço. Como muita boa gente não sabe o que é ser central, rasgavam nele enquanto elogiavam David Luiz ou Bruno Alves. Vender um central da categoria dele por bananas e amendoins foi das piores decisões que o SCP alguma vez fez.

Manuel Humberto said...

Daniel Carriço e B. Pereirinha que saíram sensivelmente na mesma altura (Carriço saiu primeiro tendo como destino Reading), são nas suas posições mais jogadores do que qualquer Marcos Rojo, Maurício, Piris, Welder, Heldon ou Capel. Da mesma forma que João Mário é bastante superior a qualquer Magrão e (muito provavelmente) Shikabala. O Sporting é infelizmente useiro e costumeiro nesse tipo de invenção - deixar sair o bom para ir buscar o mau ou desnecessário.

Post a Comment