No que ao Sporting respeita: Inaugurado em Março de 2011, encerrado em Maio de 2014, reaberto sob o mesmo nome mas diferente endereço em Agosto de 2016, é este um pequeno e doméstico espaço onde se olha o passado, o presente e o futuro da maior potência desportiva Nacional.
Ademais: Este é um blogue pessoal no qual se vêem analisados outros temas.

Olhados os trajectos de Sporting, Benfica e FC Porto até ao momento, e olhado o potencial de qualidade de cada uma das equipas, capacidade, campo das possibilidades à entrada para cada jogo, é fácil e honesto atribuir ao Benfica o estatuto de principal candidato ao título.

Já o era há 6 meses. Permanece hoje. Nestas circunstâncias, poderá o Sporting derrotar o favoritismo do seu rival e terminar a época no 1º lugar do campeonato? Sem dúvida que pode. Se a capacidade das equipas não reflecte totalmente a distância que as separa na tabela (penalizando o Benfica), há um elemento que em condições normais influenciará, deseja-se, de forma decisiva o percurso de ambos: calendário. Com 9 jogos pela frente e sem que o rival na luta pelo título possa disputar-nos mais pontos em confronto directo, será possível com alguma felicidade vermos o Sporting somar 9 vitórias em outros tantos desafios. O Benfica, por seu turno, dificilmente sairá vitorioso de todos os seus encontros, não se afigurando descabido presumir que dos 16 ou 18 jogos que ainda tem pela frente, alguns dos que não irá vencer se insiram na prova de campeonato. Evidentemente, a questão do calendário não se relaciona com outras de natureza física já que nem Sporting ou Benfica sofreram / sofrem / sofrerão de problemas oriundos de desgaste físico dos seus jogadores. Reforçando as suas próprias responsabilidades, além das 9 rondas de campeonato que o aguardam - última das quais na cidade Invicta - a equipa de Jorge Jesus conhecerá as decisões no duplo-embate com o FC Porto nas meias-finais da Taça de Portugal, a meia-final ainda com FCP para a Taça da Liga, hipoteticamente as respectivas finais de ambas as competições e sobretudo o caminho que ainda percorrerá na Liga Europa (2, 4, 6 ou mais jogos, ninguém sabe), competição sem dúvida mais entusiasmante relativamente ao campeonato Português, para adeptos e jogadores.

Fundamentalmente, a época do Sporting está no fim.
Em oposição, a temporada do Benfica ainda vai a meio.

Ao nível de comunicação, este momento seria talvez o indicado para que o Sporting exercesse ou tentasse exercer alguma efectiva pressão sobre o Benfica, exprimindo sem exageros ambição pela conquista do título Nacional. Poderá o Sporting vencer os 9 jogos que tem pela frente? Claro que sim. Irá o Benfica vencer os 16 ou mais jogos que tem pela frente? Claro que não. Apesar da competência exibida em virtude do treinador e jogadores que tem, o Benfica como instituição não aspira a mais do que 4 ou 5 vitórias consecutivas. Deste modo, esperemos que daqui para a frente os jogos sem vencer coincidam pelo menos com duas das jornadas que ainda realizará para o campeonato. Daqui para a frente, já que ontem essa possibilidade viu-se infelizmente anulada.

Sporting CP na rota do título? Pode ser que sim ...

Posted on

Monday, 3 March 2014

Category

,

,

4 Comments
  1. O Sporting pode vencer os 9 jogos que faltam, mas ao Benfica bastará vencer 7 e empatar 1.

    ReplyDelete
  2. Devias escrever mais. very nice

    ReplyDelete
  3. Manuel,

    Saúdo o regresso há muito esperado.

    Não sei, ninguém sabe, se os 9 jogos que temos por diante serão todos vencidos. Se esse cenário ocorrer poderemos ter um Sporting campeão. Poderemos mas mesmo assim o SLB teria que perder 2 jogos ou empatar 3, ou perder 1 e empatar mais do que um. Não é impossível, mas muito improvável.

    Resultados desse tipo podem ocorrer em quaisquer dos 9 jogos que faltam se nem que os mais prováveis de registar seriam com o Estoril (c) Nacional (f) Braga (f) e Porto (f). Pelo trajecto recente já se viu que JJ jogará sempre com as melhores equipas no campeonato, o que diz que a aposta é totalmente dirigida para esta competição.

    O facto de não haver mais nenhum jogo entre nós e SLB é, quanto a mim, uma desvantagem, uma vez que seria um jogo em que poderíamos retirar directamente 3 pontos.

    Parece-me também muito difícil que consigamos somar os 27 pontos em disputa, sem deixar nenhum pelo caminho, pelo menos a avaliar pelas últimas exibições. Para que tal aconteça temos seguramente que jogar mais do que vimos fazendo com qualquer um dos adversários que nos restam. E Estoril, Porto Maritimo e Nacional vão-nos exigir muito mais do que fizemos por exemplo contra o Braga.

    ReplyDelete
  4. LdA (obrigado pela saudação, desde logo retribuída),

    As 9 vitórias do Sporting são altamente improváveis, subscrevo, tal como são improváveis as do SLB, mas enquanto nós jogamos com o FCP em Alvalade o Benfica irá a Braga e na última jornada ao Dragão. Tese, vale o que vale. Mais importante são mesmo os efeitos de dispersão / consumição que a presença / luta pela Liga Europa pode provocar nos jogadores do Benfica nos jogos de campeonato, muito embora também contribua para que se mantenham motivados.

    É possível que favoreça o Sporting.
    Se muito ou pouco, teremos de esperar para ver.

    Genericamente, na corrida pelo título o favoritismo e as probabilidades estão com o Benfica. Já o achava quando as equipas estavam a zero ou quando o Sporting liderava a tabela, mais agora que tem 5 pontos de desvantagem. Mas as possibilidades ainda existem para os 2 lados e por ora não se resumem ao "matematicamente possível".

    ReplyDelete

Search This Blog