“A substância fundamental do progresso desportivo do Sporting é um fogo clubista que incessantemente se acende. É o suporte de vida do espírito leonino; é uma matéria viva ...”


No que ao Sporting respeita: Inaugurado em Março de 2011, encerrado em Maio de 2014, reaberto sob o mesmo nome mas diferente endereço em Agosto de 2016, é este um pequeno e doméstico espaço onde se olha o passado, o presente e o futuro da maior potência desportiva Nacional.
Ademais: Este é um blogue pessoal no qual se vêem analisados outros temas, bem como um depósito para comentários sobre diversos tópicos que vou deixando um pouco por toda a parte.
Para deixar um comentário: Clica no título do respectivo 'post' (à direita do texto). Alternativamente, usa a tua conta do FB. Regras superficiais de utilização: Emprega bom-senso.

Uma das características que diferencia o futebol Inglês de outros (como o Português) está na forma como se vive o jogo. Em Inglaterra, contexto geograficamente próximo mas culturalmente distante, a importância dada ao futebol centra-se quase por inteiro no evento que toma lugar nos estádios dos clubes, em relvados que acolhem jogadores e bancadas que acolhem adeptos. Esse evento é o jogo. Terminado o jogo, em intervalos de tempo que por norma não excedem os 3 dias, o espaço na imprensa (escrita ou televisionada) continuará a focar-se no encontro de futebol. Os lugares de comentador vêem-se preenchidos por jogadores de futebol (ainda em actividade ou já retirados) e os principais temas em debate relacionam-se com a prestação das equipas. Os protagonistas que servem de objecto à discussão são os treinadores e jogadores. Quase-exclusivamente, os intérpretes que dão voz a eventuais guerras de palavras são os treinadores das equipas.

Em Portugal o sistema funciona de forma muito diferente. Com o destaque vedado a jogadores e treinadores as atenções dispersam noutro sentido. Os adeptos aprovam já que no topo das suas preferências também não está o jogo. Antes, a intriga e a arbitragem. Em Portugal, o futebol é secundário e serve meramente de pretexto ou anúncio ao evento principal. Reservado não para os dias de jogo mas para os dias entre segunda e sexta, os grandes protagonistas do futebol Português são os seus dirigentes. É costume dizer-se que os adeptos em Portugal não merecem este futebol. Eu discordo.

Premiership e futebol Português - prioridades trocadas.

Posted on

Thursday, 20 March 2014

Leave a Reply

Search This Blog