Palmarés

Internacional, equipas

Goalball (D. Adaptado)

1 Taça dos Clubes Campeões Europeus
Hóquei em Patins
:
1 Taça dos Clubes Campeões Europeus
3 Taças dos Vencedores das Taças
2 Taças CERS
Futebol:
1 Taça dos Vencedores das Taças
Atletismo:
Pista feminino
1 Taça dos Clubes Campeões Europeus
Cross masculino
14 Taças dos Clubes Campeões Europeus
Pista masculino
1 Taça dos Clubes Campeões Europeus
Andebol:
2 Taças EHF Challenge

Nacional, equipas

Futebol:
22 Campeonatos Nacionais
16 Taças de Portugal
8 Supertaças Cândido de Oliveira
Andebol
:
18 Campeonatos Nacionais
15 Taças de Portugal
3 Supertaças
Hóquei em Patins:
7 Campeonatos Nacionais
4 Taças de Portugal
2 Supertaças António Livramento
Atletismo:
Pista feminino
46 Campeonatos Nacionais
Pista Coberta feminino
22 Campeonatos Nacionais
Cross feminino

5 Campeonatos Nacionais
Pista masculino

48 Campeonatos Nacionais
Pista Coberta masculino
17 Campeonatos Nacionais
Cross masculino
46 Campeonatos Nacionais
Futsal:
13 Campeonatos Nacionais
5 Taças de Portugal
6 Supertaças
2 Taças da Liga
Natação
:
6 Campeonatos Nacionais feminina
6 Campeonatos Nacionais masculina
2 Taças de Portugal masculina
Basquetebol:
8 Campeonatos Nacionais
5 Taças de Portugal
Voleibol:
2 Taças de Portugal feminino
1 Supertaça feminino
5 Campeonatos Nacionais masculino
3 Taças de Portugal masculino
3 Supertaças masculino

 

 
Inaugurado em Março de 2011, encerrado em Maio de 2014, reaberto sob o mesmo nome mas diferente endereço em Agosto de 2016, é este um pequeno e doméstico espaço onde se olha o passado, o presente e o futuro da maior potência desportiva Nacional.

O melhor do clube são as pessoas, mas não são quaisquer pessoas. Foram os nossos fundadores, atletas e treinadores. É a nossa história. O clube não és tu, não sou eu, nem «somos nós». São eles. As mensagens que publicarmos evidenciarão esse intuito, versando sobre a instituição, a sua notável história, acumulado de feitos presentes e passados, proeminentes homens que a serviram e ergueram, cumprimentando as suas memórias mas mais importante, preservando a sua autoridade, ainda que não vivam entre nós.

22 anos depois, Portugal terá um campeão Europeu.

Sunday, 2 June 2013

Somando 20 vitórias em campeonatos da Europa e 15 em campeonatos do mundo, surge Portugal como a mais bem-sucedida selecção Europeia de hóquei em patins. Em 2º, com 16 e 15 (respectivamente), aparece a selecção Espanhola. Se a nível Nacional os portugueses levam a melhor, ao nível de equipas (clubes), os emblemas espanhóis exibem na prova rainha da modalidade, Taça dos clubes campeões Europeus, um domínio nada menos do que avassalador:

42 títulos para Espanha - FC Barcelona (19), Reus Deportiu (7), HC Liceo La Coruña (6), Igualada HC (6), CP Voltregà (3), CE Noia (1).

4 títulos para Portugal - Sporting CP (1), FC Porto (2), OC Barcelos (1).

Ainda pelas provas Europeias de hóquei, Taça dos clubes Vencedores das Taças, extinta em 1996 fundindo-se com a taça dos campeões, o Sporting CP aparece como o mais titulado emblema Europeu na competição, somando vitórias em 1981, 1985 e 1991, estatuto que reparte com AD Oeiras (tri-campeão da prova em 1977, 1978, 1979) e Roller Monza (Itália). Já a Taça dos clubes campeões Europeus, foi pelo nosso clube erguida em 1977:

Ganha pela primeira vez por um clube de Portugal, conquistada pela magnífica, quase mítica, fascinante e épica equipa que anos mais tarde ver-se-ia eleita a melhor de sempre na história do hóquei em patins.

Na taça CERS, competição que se disputa desde 1980, os emblemas espanhóis voltam a superiorizar-se com 14 títulos de campeão. Os clubes italianos com 10 troféus aparecem em 2º, ao passo que portugueses, contabilizando 9 vitórias, surgem no 3º lugar do pódio.

Regressando à taça dos campeões, a última ocasião em que o hóquei Europeu viu um clube de Portugal participar na final remonta a 2004/05, temporada onde FCP se viu derrotado pelo FC Barcelona. A última ocasião em que um clube lusitano ergueu o troféu remonta a 1990/91, época na qual OC Barcelos levou a melhor sobre os italianos do HC Monza. Neste particular, o FCP soma e segue, marcando amanhã presença numa final pela 10ª vez na sua história (em 2005/06 sagrou-se vice-campeão numa época em que a competição se jogou em formato de liga).

Amanhã, garantidamente, ao fim de 22 anos, o troféu ver-se-á novamente erguido por uma equipa portuguesa. O FC Porto almejará o seu 3º triunfo, enquanto o Benfica (será a 6ª tentativa) procurará pela primeira vez na sua história juntar-se à galeria dos vencedores, acompanhando Sporting CP (1977), FC Porto (1986, 1990) e OC Barcelos (1991).

12 comentários:

Miguel Nunes said...

http://www.forumscp.com/wiki/index.php?title=J%C3%BAlio_Rendeiro

"Hoje em dia eles mal sabem patinar. Correm em cima dos patins. No meu tempo era uma arte" Júlio Rendeiro

Fui durante um ano o responsável pelos treinos do Júlio. Das pessoas mais admiráveis que conheci. Treinávamos às 7h da manhã, mas só para ouvir o homem falar valia a pena acordar às 6h. Entre treinar e conversar, o tempo voava.

Bicadas de Aguia said...

Tendo em conta o ambiente de intimidação no pavilhão e as cenas que aconteceram com os SD durante o Benfica vs Barcelona vai ser giro.... Mais uma vergonha no Dragão.

Sporting até morrer said...

Manuel,

A não ser que o Benfica dê o dito por não dito, o troféu está entregue.

Não sendo os adeptos do Benfica um exemplo de comportamento quando jogam no seu pavilhão (ver jogos de futsal com o Sporting e hóquei com o FCP ou mesmo a final de volei com o Espinho), nunca vi as cenas como as descritas ontem no Dragão Caixa, em que os adeptos benfiquistas tiveram de fugir para dentro do ringue, já depois de outras cenas de intimidação fora do pavilhão.

Acho que é a reacção certa ao clube da fruta.

Não sabem o que é fair-play, joguem sózinhos e levem a taça.

Mais uma triste cena do desporto português patrocinado pelos dois clubes habituais.

SL
José

Sporting até morrer said...

Manuel,

Parece que afinal sempre jogam a final o que me parece a perde de uma oportunidade única de deixar os tripeiros a falar sózinhos...

Por falar em comportamento exemplar destes dois clubes, mais um jogo entre os dois (juvenis) e mais um jogo em que acaba tudo à pancada.
Já foi assim em juniores...simplesmente triste esta gente vermelha e azul, não sabem perder e muito menos sabem ganhar.

Manuel Humberto said...

Miguel, 'mal sabem patinar, correm em cima dos patins', imagem muito boa. Faz (mais ou menos) lembrar Jackie Stewart quando disse 'hoje em dia até um macaco conseguiria pilotar um F-1'. Ele aparece neste vídeo, não sei se ainda está no ar (sobre a diáspora ecléctica Leonina nos anos 70, documentário exibido na Bola TV), e a descrição que fazes de Júlio Rendeiro combina com o que as declarações e palavras escritas transmitem sobre o próprio.
Grande privilégio (teu e dele). Um abraço.

Manuel Humberto said...

José, estava há 2 minutos a consultar o sítio do SLB, parece que sim, irão jogar, dizem-no em comunicado. Há 8 horas não existiam garantias. 8 horas depois, apesar de nada ter mudado, já há. O Benfica é costumeiro neste tipo de fantochadas / vitimizações, não obstante terem a razão do seu lado quanto ao comportamento dos adeptos do FCP e do próprio FCP em quaisquer deslocações àquele pavilhão. A cultura de violência exprime-se com demasiada frequência, no seio das 2 massas adeptas. Triste desporto Português, como afirmas. Um abraço.

Manuel Humberto said...

É pena os jogos serem à mesma hora, final de andebol e hóquei.

Bicadas de Aguia said...

mas qual a lógica de dizer que o Benfica se está a fazer de vitima se afinal tem mesmo razão no que diz... é giro... "não obstante terem razão"...

Manuel Humberto said...

A vitimização foi o comunicado a afirmar que não estariam na final, não como uma posição verdadeira ou de convicção, mas para efeitos de fantochada.
Poderiam ter denunciado e participado a violência aos organismos de direito sem afirmar "assim não estaremos na final", de forma simplória, descuidada, para meros efeitos de vitimização. Compreendes?

Bicadas de Aguia said...

Entendo e agora deixa-me celebrar! Campeões!!!!!!

Manuel Humberto said...

Lol, parabéns. Alternando entre o andebol e o hóquei acabei por não ver o golo-de-ouro. Não foi um grande jogo, mas foi uma grande final. Parabéns.

Anonymous said...

justiça seja feita hoje soube-me bem ver o FCP perder em casa....e no algarve está claro!
um banhinho de humildade só fazia bem ao FCP.
Provaram do mesmo veneno que serviram ao SLB.

Post a Comment