No que ao Sporting respeita: Inaugurado em Março de 2011, encerrado em Maio de 2014, reaberto sob o mesmo nome mas diferente endereço em Agosto de 2016, é este um pequeno e doméstico espaço onde se olha o passado, o presente e o futuro da maior potência desportiva Nacional.
O melhor do clube são as pessoas, mas não são quaisquer pessoas. Foram os nossos fundadores, atletas e treinadores. É a nossa história. O clube não és tu, não sou eu, nem «somos nós». São eles. As mensagens que publicarmos evidenciarão esse intuito, versando sobre a instituição, a sua notável história, acumulado de feitos presentes e passados, proeminentes homens que a serviram e ergueram, cumprimentando as suas memórias mas mais importante, preservando a sua autoridade, ainda que não vivam entre nós.
Ademais: Este é um blogue pessoal no qual se vêem analisados outros temas.

As palavras são de Nogueira, este sim parecido com 'o Rocha do Duarte e Companhia' (referência a um comentário). Há 30 anos os «carregadores de piano» também tocavam, e se não soubessem tocar nem o piano carregavam. O talento abundava entre jogadores portugueses, razão pela qual os 'grandes' alinhando com 7, 8 ou 9 portugueses nos seus '11', tiveram equipas fabulosas. De modo cru, mas verdadeiro: a abundância não se compara com a miséria de hoje.

«Além de bom tecnicamente, jogava na direita, na esquerda, no centro, ia à frente, ia atrás, enfim não parava. O Malcolm Allison costumava dizer que havia dois génios na equipa do Sporting: eu e o António Oliveira».

«O Rodolfo Reis, médio do FC Porto, era muito maldoso, pior que o Paulinho Santos! Uma vez deu um soco ao António Oliveira. Quando o árbitro estava de costas, dei-lhe uma cabeçada. Ficou no chão sem se conseguir levantar».

Entrar em Alvalade com a camisola do Sporting vestida era especial.

«O estádio estava cheio em todos os jogos, com cerca de 50 mil espectadores nas bancadas. Uma vez, com o CSKA, joguei com cerca de 90 mil pessoas! Até adeptos na pista de tartan havia. Era um grande público». Era, diz bem.

«Jogar no Sporting foi o concretizar de um sonho. Estamos a falar do maior clube português, o mais ecléctico e o que tem mais títulos conquistados».

O extraordinário aqui é: versamos sobre alguém que só actuou pelo Sporting em 2 épocas, e de um jogador que chegou ao clube quando já tinha 30 anos de idade. Notabilizou-se ao serviço doutro grande português, Clube Futebol os Belenenses, quando antes dos azuis-e-brancos representara (da frente para trás) Boavista, Sporting de Braga e Atlético de Portugal. Nas 2 temporadas percorridas em Alvalade, António Nogueira conquistou todos os títulos da sua carreira, 1 Campeonato Nacional, 1 Taça de Portugal e uma supertaça Cândido de Oliveira. Desde as referências ao seu Sporting CP de 1981/82, a Fito Rinaudo, que, segundo Nogueira, «já é melhor jogador», a Malcolm Allison e à vida que leva hoje (Nogueira), um texto que merece leitura atenta: aqui.

«Estamos a falar do maior clube português, o mais ecléctico e o que tem mais títulos conquistados»

Posted on

Tuesday, 28 May 2013

15 Comments
  1. Caro Manuel Humberto,

    Aprendi ao longo dos meus anos de futebol a nunca menosprezar os chamados "carregadores de piano" ou, por vezes, "tractores", de preferência, com alguma "finesse" á mistura. Além do impresvendível goleador, era sempre esse médio de trabalho que procurávamos pela reestruturação de uma equipa. Sem dúvida, o que mais se distingue por esta caracterização no actual Sporting - se não for vendido - é Rinaudo.

    Um grande abraço.

    ReplyDelete
  2. Caro Rui Gomes, bem verdade. O jogo mudou muito. Eu pelo menos gostava mais. Hoje é mais sofisticado, envolve mais conhecimentos, exige mais dos jogadores. Os futebolistas antigamente dentro do campo tinham menos com que se preocupar e (sobretudo) tinham mais tempo e espaço para jogar. Tinham também mais liberdade para mostrar que sabiam fazê-lo (jogar).
    Ainda assim, apesar do futebol de 11 ter colectivamente evoluído a ponto de não ter nada a ver com o Passado, em si, a fórmula "atómica" do jogo não mudou. É o mesmo que era há 100 anos, as referências são as mesmas. Bola, colegas ao lado, à frente, atrás, todos ou quase todos em movimento e prossecução do objectivo: com saber-fazer ultrapassar as linhas adversárias e atacar a baliza (de preferência) de frente. Quem quiser pode fazê-lo pelas linhas ou pelo ar, mas é mais fácil de anular.

    Antigamente os «carregadores de piano» sabiam jogar, basta vermos resumos e atentar o que faziam com a bola. Fraguito, Nogueira, Octávio Machado, Pacheco, Sousa e tantos outros, tinham dotes de bons futebolistas. Já os que tinham menos jeito, esses sim viam-se normalmente afastados para as laterais. Não jogavam seguramente ao meio. O problema é que o «carregador de piano» adquiriu com o tempo um significado parvo. Jogadores como Vidigal, Beto (jogou pelo Benfica em Cam Nou para os 1/4 de final da LC) ou Bynia calçariam nos 3 'grandes' há 30 anos? Muito dificilmente.

    As equipas tinham mais requinte.

    Um abraço grande.

    ReplyDelete
  3. Porquê maior clube português???

    Mais ecléctico?

    Mais títulos?? Só se for a contarem com 4ºs lugares e participações em torneios...

    ReplyDelete
  4. Maior clube ? sem dúvida para mim, mais eclético? sim a história assim o demonstra, vai ver a definição de ecleético...
    Mais títulos? claro, mais uma vez a história o demonstra, não estamos a falar somente de futebol profissional!!~
    alguma dúvida??
    Saudações Leoninas

    ReplyDelete
  5. Ah e tal a história demonstra.

    Sendo assim, basta eu dizer que a história demonstra que não e assunto arrumado.

    Sporting Clube de Portugal (29): Futebol, Futsal, Andebol, Hóquei em Patins, Atletismo, Ténis de Mesa, Ginástica, Natação, Judo, Boxe, Capoeira, Aikido, Karate, Kickboxing, Krav Maga, Taekwon Do, Basquetebol, Bilhar, Corfebol, Futebol de Praia, Golfe, Patinagem, Pesca Desportiva, Pólo Aquático, Rugby, Tiro à Bala, Tiro com Arco, Triatlo, Xadrez.

    Sport Lisboa e Benfica (30): Futebol, Futsal, Andebol, Hóquei em Patins, Voleibol, Basquetebol, Atletismo, Boxe, Kickboxing, Luta Olímpica, Judo, MMA, Muay Thai, Hapkido, Karate, Kung Fu, Taekwon Do, Bilhar, Canoagem, Ginástica, Golfe, Karting, Natação, Patinagem, Pesca Desportiva, Rugby, Ténis de Mesa, Triatlo, Vela, Xadrez.

    Futebol Clube do Porto (8): Futebol, Andebol, Hóquei em Patins, Atletismo, Basquetebol, Bilhar, Desporto Adaptado, Natação.

    Fonte: Sites Oficiais dos respectivos clubes acima mencionados.

    Esta mania que alguns sportinguistas têm de lançar "postas de pescada" para o ar como verdades absolutas é ridícula.

    Ainda há uns tempos afirmavam peremptoriamente que eram o único clube que tinha vencido competições europeias em 4 modalidades. O que vale é que alguém no Sporting reparou que isto era falso e já retirou esse dado do site...

    ReplyDelete
  6. Ah e tal e coiso, leva lá a bicicleta, afinal de que servem as postas de pescada senão para comer!!
    Já agora gostava que me informasses, já que te deste ao trabalho e bem de enumerar todas as modalidades, de fazer um apanhado de todas as modalidades ganhas pelos 3 clubes até à data.
    Saudações Leoninas

    ReplyDelete
  7. O Sporting nunca fez a tripleta do quase, temos de o reconhecer. Nunca estivemos uma época inteira com caganças para chegar ao fim e ganhar tanto como o Paços de Ferreira. Nunca conseguimos (nem alguma vez conseguiremos) ser tão ridículos, mesmo nos nossos piores momentos, temos de dar a mão à palmatória quanto a isso.

    ReplyDelete
  8. http://patadasnoborges.blogspot.pt/

    Visitem. E coloquem na vossa lista.
    Este blog esta na lista da blogs a visitar no blog do Patadas.

    Bom Trabalho

    ReplyDelete
  9. Realmente o Benfica fez a tripleta do quase. Já o Sporting fez o poker do adeus aos títulos em Janeiro...

    Taça de Portugal - eliminados a 21 de Outubro pelo Moreirense.
    Taça da Liga - eliminados a 9 de Janeiro num grupo com P. Ferreira, Rio Ave e Marítimo.
    Liga Europa - Eliminados a 7 de Dezembro num grupo com Genk, Basileia e Videoton.
    Quanto à Liga Nacional, o Sporting acabou com 42 pontos, pontos esses que Porto e Benfica atingiram à 16ª Jornada e por essa altura a diferença pontual era de 23 pontos, embora à 10ª Jornada já estivessem a 15 pontos.

    E ainda por cima perderam este ano aquele título que tanto vos era querido: "Nunca ficámos abaixo do 6º lugar."

    Suponho que agora se agarrem aos famosos 7-1 que até têm uma celebração desse jogo todos os anos, embora quem tenha sido campeão nesse ano foi o Benfica.

    O Sporting é de facto um clube diferente, pois festeja o resultado de um jogo no campeonatao em que não foi campeão...

    ReplyDelete
  10. Anónimo, quer maior prova do como vocês são ridículos do que o seu comentário? Eu já nem lembrava desses pormenores todos, porque já estou noutra: a próxima época. Ainda para mais, alguma vez me dava ao trabalho de fazer esse "levantamento" se as posições se invertessem? No entanto, aqui estão vocês, num blogue de sportinguistas, na nossa pior época de sempre, a rebater o comentário do Manuel que enaltece o clube dele (gravíssimo!). Ridículos!

    ReplyDelete
  11. Lionheart, rídiculo é levar com argumentos e depois não saber responder...
    Rídiculo é vocês gozarem com o Benfica na vossa pior época de sempre...
    Rídiculo é acharem que não se pode falar aqui de factos falsos apanhados em posts colocados no blog...

    Já agora nós na época do vosso quase fomos campeões nacionais, vocês passaram de quase campeões nessa época para 3ºlugar, pré-eliminatória da CL e depois nem a conseguiram passar....

    Vocês na nossa época do quase? A vossa pior época de sempre.

    Mas continuem a gozar com o Benfica, nós achamos giro.

    ReplyDelete
  12. Bicadas de Águia e Anónimos, as reclamações já seguiram para o Nogueira. Prometeu que irá rever as declarações e prestar os esclarecimentos que vós - excelências, entenderem necessários.

    ps,
    não considero esta a pior época de sempre do Benfica. Terá provavelmente sido a melhor. Eu pelo menos gostei imenso dela. Vós não?

    ReplyDelete
  13. Foi a época da ejaculação precoce do Marquês!!
    Suadações Leoninas

    ReplyDelete
  14. saudações leoninas e não suadações....!
    mea culpa

    ReplyDelete
  15. As suadações estavam bem, fartaram-se de suar de terror este ano...

    ReplyDelete

Search This Blog