Palmarés

Internacional, equipas

Goalball (D. Adaptado)

1 Taça dos Clubes Campeões Europeus
Hóquei em Patins
:
1 Taça dos Clubes Campeões Europeus
3 Taças dos Vencedores das Taças
2 Taças CERS
Futebol:
1 Taça dos Vencedores das Taças
Atletismo:
Pista feminino
1 Taça dos Clubes Campeões Europeus
Cross masculino
14 Taças dos Clubes Campeões Europeus
Pista masculino
1 Taça dos Clubes Campeões Europeus
Andebol:
2 Taças EHF Challenge

Nacional, equipas

Futebol:
22 Campeonatos Nacionais
16 Taças de Portugal
8 Supertaças Cândido de Oliveira
Andebol
:
18 Campeonatos Nacionais
15 Taças de Portugal
3 Supertaças
Hóquei em Patins:
7 Campeonatos Nacionais
4 Taças de Portugal
2 Supertaças António Livramento
Atletismo:
Pista feminino
46 Campeonatos Nacionais
Pista Coberta feminino
22 Campeonatos Nacionais
Cross feminino

5 Campeonatos Nacionais
Pista masculino

48 Campeonatos Nacionais
Pista Coberta masculino
17 Campeonatos Nacionais
Cross masculino
46 Campeonatos Nacionais
Futsal:
13 Campeonatos Nacionais
5 Taças de Portugal
6 Supertaças
2 Taças da Liga
Natação
:
6 Campeonatos Nacionais feminina
6 Campeonatos Nacionais masculina
2 Taças de Portugal masculina
Basquetebol:
8 Campeonatos Nacionais
5 Taças de Portugal
Voleibol:
2 Taças de Portugal feminino
1 Supertaça feminino
5 Campeonatos Nacionais masculino
3 Taças de Portugal masculino
3 Supertaças masculino

 

 
Inaugurado em Março de 2011, encerrado em Maio de 2014, reaberto sob o mesmo nome mas diferente endereço em Agosto de 2016, é este um pequeno e doméstico espaço onde se olha o passado, o presente e o futuro da maior potência desportiva Nacional.

O melhor do clube são as pessoas, mas não são quaisquer pessoas. Foram os nossos fundadores, atletas e treinadores. É a nossa história. O clube não és tu, não sou eu, nem «somos nós». São eles. As mensagens que publicarmos evidenciarão esse intuito, versando sobre a instituição, a sua notável história, acumulado de feitos presentes e passados, proeminentes homens que a serviram e ergueram, cumprimentando as suas memórias mas mais importante, preservando a sua autoridade, ainda que não vivam entre nós.

O Sporting é de quem o fundou e de quem lhe quer bem.

Sunday, 7 April 2013

Numa altura em que a equipa do Sporting vence com dificuldade, mas revelando nalgumas parcelas do jogo doses de acerto, numa altura em que as melhorias sob o comando de Jesualdo Ferreira são evidentes - já o eram, inclusivamente na fase de 4 ou 5 jogos onde os resultados não apareceram -, quando o Sporting está à beira não de atingir mas poder atingir o tão almejado lugar Europeu, é muito triste assistir ao aproveitamento que tantos fazem desta boa fase do clube, clube que sob uma 'nova' liderança no campo de treinos e ainda sob uma nova liderança a nível directivo, renovou naturalmente as expectativas que todos mantemos sobre o sucesso que todos ambicionamos.

Tantos, gente sem capacidade para distinguir o Sporting Clube de Portugal dos dirigentes que o governam, e gente permanentemente ressabiada sobre outros sportinguistas. Aqui, o elemento grave é só um: tudo o que de mal e de bem aconteceu ao Sporting não nos últimos 15 mas 30 anos foi da responsabilidade de quem o governou, quando o que estes ressabiados fazem é acusar e atirar pedras não aos responsáveis pelo governo do clube, mas a outros adeptos do Sporting. Este imbecil, ou os imbecis que neste «blogue» responderam de forma miserável a um comentário de Rui Gomes. Rui Gomes, Carla Sacramento, António, Maria, Joana, não interessaria o alvo, mas neste caso alguém que em 2011 apoiou Bruno de Carvalho e alguém que nos últimos 2 anos mais não fez do que separar o trigo do joio defendendo de forma inteligente e justa o seu clube, não o confundindo com os seus dirigentes.

Palhaços como os linkados não valem rigorosamente nada.

Etiqueta no «post» de Kovacevic no 442: «o Sporting é nosso», sob o título «o Leão que para alguns é sapo», sugerindo a existência de sportinguistas a sentir-se incomodados com as vitórias do seu clube. «O Sporting é nosso», sentimentos de posse, perfeitamente sugestivos de mau sportinguismo.

Nem as alegrias sabem viver ...

20 comentários:

Rui Gomes said...

Caro Manuel Humberto,

Obrigado pela simpáticas e sinceras palavras que, a bem dizer, não sei se mereço, mas não deixo de apreciar veemente quem vive e sente o Sporting como eu.

Esta experiência de comentar em um blogue do meu desconhecimento, é inédito, para mim, e muito embora não tenha apreciado as reacções, não me surpreenderam, minimamente, de quem vieram. Ainda temos pessoas na sociedade que não têm capacidade moral e intelectual para distinguir liberdade de opinião e expressão e responsabilidade e civismo. No contexto do escrito do referido blogue, com em outros, este calibre de apoiantes que clamam ser sportinguistas e que hoje defendem o seu eleito «até à morte» e por todos os meios, serão os primeiros a atraiçoá-lo, impiedosamente, pela eventualidade de quaisquer dissabores de maior disposição. É a lei da selva!

Um forte abraço

Lionheart said...

Qual mérito do Jesualdo e dos jogadores? O Sporting ganhou os últimos dois jogos porque o Bruno sentou-se no banco e como por artes mágicas o entulho passou a ser bom. Agora a sério, desde que se convocaram eleições, a maralha acalmou e permitiu que o Jesualdo tivesse mais condições para trabalhar. Se as eleições não tivessem sido marcadas para que esta tralha pudesse ganhar, o Sporting estaria neste momento a lutar para não descer de divisão. Por isso podem ir pró c***** e mais à unidade. Eu não me esqueço do que eles fizeram e jamais respeitarei aquela gente.

The Cure said...

lionheart

tens sempre um bom remédio, é seguir o próprio conselho.

Lionheart said...

Igualmente, the cure.

The Cure said...

lionheart

do fundo do meu coração não quero mesmo acreditar que certos nomes/pessoas consigam nos separar do nosso grande amor.

amanhã vamos ter outro presidente que trará discórdia/harmonia também.

mas tenho a certeza que a nossa paixão será a mesma.

abraço

Manuel Humberto said...

Lionheart, muitos felizmente já não estão (penso nos mais notórios), embora alguns tivessem sido substituídos por outros que com o tempo tornar-se-ão tão (notórios) "notáveis" quanto os anteriores: Eduardo Barroso, Daniel Sampaio, e outros.
Quanto a Bruno de Carvalho até agora não (me) tem defraudado e vai ao encontro do que esperava: indivíduo 300 mil porcento sportinguista e dono de relevantes qualidades (percepção, e outras) que associadas à condição de "maluquinho pelo Sporting" trazem-nos coisas muito boas. No entanto, o principal, o fundamental, ver-se-á mais tarde quando começar a tomar decisões, e nessa matéria também mantenho as expectativas que já trazia / tinha: poucas. Oxalá esteja enganado, mas até prova em contrário olhá-lo-ei com bons olhos até porque tem uma figura que colhe simpatia. Tem uma cara que sofre pelo Sporting, simpática, "preocupada". Sob outras vestes (porque pessoas muito diferentes) tal como em 2011 a partir do momento em que foi eleito "vi" L. Godinho Lopes como "benfeitor" do Sporting, vejo Bruno de Carvalho hoje da mesma forma. É Bruno de Carvalho quem lá está. É o nosso presidente e é ele que temos de ajudar. Ajudamo-lo, ajudando o Sporting: não existe outra forma.

Agora muita da escumalha que o apoiou / apoia, os que andam por aí com «o Sporting é nosso», embora pouco ou nada façam pelo Sporting, continua a não valer um tostão furado e como diz Rui Gomes são os primeiros (caso a coisa corra mal) que porão em causa o trabalho, independentemente da sua natureza porque só o saberão avaliar pelos resultados (também por isso são indivíduos muitos deficientes). São os mesmos (Cacifo do Paulinho, Leoninamente, 9/10 dos autores do / no És a Nossa Fé, e tantos outros) incapazes que deitam abaixo bons jogadores, valorizam maus jogadores, maltratam bons treinadores, protegem treinadores com pouca qualidade, diabolizam alguns dirigentes / presidentes que deram coisas boas ao Sporting, e escrevem poemas a outros que em matéria de decisão desportiva tinham tanta qualidade quanto uma carcaça, como José Sousa Cintra.

No fundo gente que não sabe nada de nada mas fala de tudo em maus modos, quando poderiam fazê-lo mas em bons modos. Pela positiva, isto é. Mas não dá porque são gente frustrada e ressabiada. Essencialmente é por isso.

Rui Gomes, «bem-vindo a este lado da barricada», fantástico hein?, resposta de alguém dirigido ao autor do «post» no «blogue» referido, onde o caro Rui Gomes deixou um comentário. Só sabem viver na divisão, «barricadas», «Rui Gomes deixe o Sporting em paz», «Quem é você? Só pode ser J. Maria Ricciardi ou Cunha Vaz disfarçado».

O Sporting deles é este e nenhum outro, um clube pequenino. Espero bem que o presidente do Sporting se eleve muito acima deste universo e nos conduza a bom-porto.
Um grande abraço.

The Cure, é o que todos queremos: sportinguismo, sucesso, bom-senso, ganhar. Por que razão tanta gente insiste em dividir e em separar o clube entre «nós» e os «outros»?

Rui Gomes said...

Caro Manuel Humberto,

Tal como Lionheart, também eu nunca esquecerei o que foi feito durante os últimos dois anos. Os que andam agora a apregoar união pelos quatro cantos da praça, são os mesmos que tudo e mais alguma fizeram para provocar a dvisão.

Dito isto, pessoas de bom senso reconhecem que terá de haver algum sentido de união e, sobretudo, paz e tranquilidade, para uma equipa directiva e a outra desportiva poderem trabalhar e assegurar resultados. Um dos motivos, entre muitos outros, que não compreendo (ou até compreendo) a entrevista de Daniel Sampaio. E Eduardo Barroso também deve estar a aparecer com outra do género.

Um grande abraço

kovacevic said...

Manuel Humberto,

Divergências de opinião não são pedras que se atiram.

De resto, pode ir de imbecil a idiota, que é para o lado que durmo melhor.

Manuel Humberto said...

Kovacevic, a desonestidade e insulto à inteligência alheia não são divergência de opinião. «O Sporting é nosso», não é matéria de opinião. Escondam-se debaixo da manta e durmam tranquilos, estranho seria que não custasse nada.

Rui Gomes, Bruno de Carvalho também se portou mal, obviamente, mais não fosse por se ter disposto a financiar a AG que não se concretizou, e muitas das mentiras propaladas durante a campanha foram da sua responsabilidade. Gente reles como Eduardo Barroso e Daniel Sampaio são "associados" de Bruno de Carvalho. É evidente que não se tratam de episódios isolados e obedecem a uma "lógica".
Todavia, ele é presidente do Sporting, e o Sporting para ser forte precisa de um Bruno de Carvalho forte. Isso é - para o Sporting - mais importante que o retrato da sua pessoa.

Haja Luz said...

Manuel

Tu em comentários, ganhas por cabazada.
Tens grande discernimento, sobre a realidade do sporting.

Entre os vários aspectos que focaste, á uma parte que eu destaco

" És a Nossa Fé, e tantos outros) incapazes que deitam abaixo bons jogadores, valorizam maus jogadores, maltratam bons treinadores, protegem treinadores com pouca qualidade, diabolizam alguns dirigentes / presidentes

"No fundo gente que não sabe nada de nada mas fala de tudo em maus modos"

Este é que é o foco
Se essa gente falasse e não houvesse repercussão no clube, era-me indiferente.
O problema como referis-te, é o que depois advém daí.
E essa gente que se diz sportinguista, tem dado grandes prejuízos ao clube.
Por exemplo se fosse exigida uma indemnização, às pessoas que boicotaram o melhor treinador do mundo, se calhar não se tinha chegado á situação que se chegou.
Têm sido várias as situações ao longo dos anos em que a pressão dos adeptos, têm causado muitos prejuízos ao sporting.
No blog que referis-te, não á liberdade, é nojento, os comentários são censurados, não publicados.
É uma espécie de ditadura

Manuel Humberto said...

Haja Luz, desde há sensivelmente 7 meses, como sportinguista afecto ao universo do clube (momento em que perdi a imensa fé que tinha em Sá Pinto, muita mesmo), enquanto pouco importante sócio ou adepto, não me sinto vencedor de nada.
Sobre um dos «blogues» mencionados, esse em concreto, falei aqui nele em 3 ocasiões e só o fiz a partir do momento em que o palerma principal da companhia (Pedro Correia) eliminou um comentário que não o ofendia, não continha linguagem imprópria, embora o fizesse passar por triste (porque é isso que ele é), num «post» onde o verbo de encher / pobre de espírito achou realmente que Jeffrén estava a dormir no banco de suplentes do Sporting. É um «blogue» ligeiro, sem conteúdo, cheio de lugares-comuns, nada diz sobre o Sporting e cujo único aproveitamento são 2 ou 3 autores que escrevem coisas relevantes. Todos os outros, esmagadora maioria, são gente que fala do Sporting como se estivesse a olhar para uma revista de culinária.

Nessa ocasião, quando o palerma removeu comentários normalizados que não (lhe) agradavam, veja o que escreveu sobre mim. E isto não é por ser sobre mim. É meramente ilustrativo daquilo que o move e as coisas a que atribui importância. O que está aí é factual e nada mais se passou além do descrito:

http://sportingautentico.blogspot.co.uk/2012/10/salva-se-fe-nao-questiono-mas-da-se.html


Leia o primeiro comentário exibido no «post»: é por esse motivo que acusam hoje (outros sportinguistas) de desejar as derrotas do clube. Acusam porque durante muito tempo não direi que desejaram as derrotas do clube - não tenho lata para fazê-lo, mas naqueles sub-conscientes ligeirinhos e desinteressantes havia ali qualquer coisa que espevitava sempre que o Sporting perdia.

Já depois disso voltei a falar sobre a andorinha neste «post»:

http://sportingautentico.blogspot.co.uk/2013/02/sportinguismo-de-gente-que-anda-pelas.html

Mas não é o único. Tão ou mais desinteressante é um Tiago Cabral que por lá anda que se não tem 10 ou 11 anos, parece. O grave como dizes não é existirem (o mundo está cheio de verbos de encher e se tanto bom será que sejam todos adeptos do clube), grave é a sua (plural) ignorância, maldade e ligeireza influenciar gente pouco informada que os lê.

Um abraço.

Lionheart said...

A minha antipatia declarada pela lista vencedora das eleições deve-se em grande parte a esse tipo de apoiantes que tem. Eles desejaram claramente derrotas do Sporting, não foi no subsconsciente. E hoje tudo o que sejam comentários mais cépticos (mas baseados em informação, não suposição) sobre a actual direcção, acusam os seus autores de desejarem o mal do clube.

Com essa gente não se pode conversar, porque não têm conversa. É preciso abastrairmo-nos desse ambiente para que não nos façam afastar do Sporting, pois o clube não tem culpa de ter esse tipo de adeptos. Mas estando Bruno de Carvalho rodeado desses adeptos (como maior ou menor influência) mesmo não desejando mal a ninguém, não deixo de pensar que isto tem tudo para correr mal.

Lionheart said...

Abstrairmo-nos, perdão.

Tiago said...

A admiração pelo que escrevias (e era muita), lamentavelmente, esfumou-se. Contas a história do Sporting e contas a história do mundo (e o seu relacionamento com o Sportinguismo) como ninguém, mas não podes esperar que te respeite e continue a ler depois de qualificares de "gente reles" pessoas como Eduardo Barroso ou Daniel Sampaio.
Mas porque te consideras melhor que os enurgumenos que apoiaram Bruno de Carvalho quando és capaz de ofender desta forma pessoas como Eduardo Barroso e Daniel Sampaio? Porque te consideras melhor que os enurgumenos quando, ao classificares todos os apoiantes de Bruno Carvalho como energumenos, não revelas ser melhor que eles?
Nem toda a gente que apoiou Bruno de Carvalho é uma besta. É és tu uma besta ao assumir que todos o são. Falas à boca cheia das mentiras ditas pela lista de BdC durante a campanha mas nunca te li uma palavra sobre as mentiras levantadas contra BdC (dívidas ao condomínio e outras historietas reles).

Manuel Humberto said...

Tiago, lamentando genuinamente que tenha (eu) perdido o respeito que por mim mantinhas, um badamerdas que diz «Um dos problemas do Sporting é ter sido fundado por um aristocrata», em referência a José Alvalade, é isso mesmo, um sujeito reles. Ignorante já que o fundador do Sporting não era aristocrata mas muito pior, atentando / afrontando / diminuindo o fundador do clube e desse modo, um badamerdas. Já Eduardo Barroso carece justificação, as suas acções, conteúdo e modos, ao longo dos anos em "representação" do Sporting, falam por si.

Tiago, só tem a ver com o Sporting. É nessa medida que os julgo. Certo ou errado mas é o meu julgamento.

Mas porque te consideras melhor - fantasia ou invenção tua.
Ao classificares TODOS os apoiantes de Bruno de Carvalho como - fantasia ou invenção tua.
És tu uma besta - muito possivelmente, em muitos domínios e alguns deles com mais factual / concreta importância (na minha vida) do que o Sporting.
Nunca te li uma palavra sobre as mentiras levantadas contra Bruno de Carvalho - desatenção ou presunção tua. Não sei se são mentiras ou verdades mas insurgi-me sempre (especialmente há 2 anos) contra os de diz-que-disse que tinham como alvo o então candidato mas nunca eram demonstrados, por quem os difundia. As minhas escolhas com relação a Bruno de Carvalho nunca se relacionaram com "boatos", mas se preferes inventar, inventa.

E outra coisa, isso do apelidar todos os apoiantes de Bruno de Carvalho da forma X ou Y é uma crítica bastante injusta. Em boa verdade só os benfiquistas é que se podem queixar disso, na medida em que os vejo quase todos da mesma forma. Em assuntos de Brunos de Carvalhos e discussões nestes meios nomeio sempre a pessoa A, B, C, ou D, «blogues» A, B, C ou D que por algum motivo insultem repetidamente a minha inteligência. Repetidamente.

Seja como for, respeito a tua opinião sobre mim.

Lionheart said...

"Bruno de Carvalho sem investidores privados

Sporting pede 80 milhões de euros à Banca. Presidente quer mais financiamento mas BES e BCP recusam alargar crédito aos leões."

E agora? Como é que se descalça a bota? Como é que se avança para umas eleições sem apoios financeiros? Lamentável.

http://desporto.sapo.pt/futebol/primeira_liga/artigo/2013/04/09/sporting_sem_investidores_privad.html

Haja Luz said...

Se esta notícia se confirmar, no próximo jogo em casa, certamente estarão lá aqueles dois miúdos a recolher assinaturas.

Lionheart said...

Essa gente não interessa nada. O que interessa é o Sporting, que está a "descoberto". Estávamos a desejar mal, era? Imbecis.

Haja Luz said...

O problema é que eles chegaram onde estão, á custa de mentiras, e de adeptos ingénuos

Tiago said...

Portanto agora o CM já é credível.

Post a Comment