Thursday, 4 August 2016

Ao Sporting Club de Portugal, confissões de amor pela versista, actriz, rainha-fadista Amália Rodrigues.


Boa sorte, Sporting
Centenário Sporting, Capitulo XX,
'Grandes Iniciativas e Dedicações'

A base da realidade do mundo sportinguista é constituída pelas esferas da convivência social, do direito, da educação física e do desporto. Em todas elas domina uma divisão de trabalho, segundo o qual o dirigente, o técnico, o sócio e o atleta realizam uma função específica num lugar determinado da sua actividade. A vontade está assim adstrita às tarefas que por essa forma lhe são dadas e por aquelas que o finalismo próprio de cada disciplina lhe consigna.

Não é necessário inventar, ou sequer presumir. Leiamos. A confissão de amor, ou a simpatia da fadista pelo Sporting atingiu o seu ponto mais alto na 'consagração popular de Amália Rodrigues no Estádio José Alvalade, aquando do 52º aniversário do clube'.
Se não sabes para onde vais, porque teimas em correr, eu não te acompanho mais.

11 comments:

  1. O melhor "produto" alguma vez feito em Portugal. Amália foi única, a maior de sempre. Ela era sportinguista por influência da mãe.

    ReplyDelete
  2. Obrigado, por existirem e publicarem estes "factos"! Depois da Florbela ser do Sporting, só faltava mesma a Amalia Rodrigues também ser...Não conseguem provar que o Pessoa também era sportinguista? Certamente que será fácil...

    P.S. Vocês tâm que avisar aqueles bandidos dos pasteis de nata para tirarem da Wikipedia, do livro seu livro de comomeração dos 90 anos e etc, que a Amalia era adepta do Belém...

    P.S2: Retirado do "Século Ilustrado (26-2-1955)"
    Reporter- É do Sporting?
    AR - Não. Sou do Belenenses que, este ano, há-de ganhar o campeonato.

    ReplyDelete
  3. É assim mesmo, Manuel. Sempre em forma! A nossa diva era belenense, mas de vermelhusca não tinha nada. Se tivesse, eles não se calavam.

    ReplyDelete
  4. Caro Manuel Humberto,

    Alguém terá dito,algures: «recordar o ontem, viver o hoje e acredtar no amanhã.»

    A nossa saudosa diva partilhava das mesmas simpatias clubísticas que o meu/nosso também saudoso amigo Raul Solnado.

    Um forte abraço

    ReplyDelete
  5. Ainda sobre a Amália, não era só no futebol que ele era pelos azuis, porque era Monárquica também. Uma mulher que teve uma vida muito difícil, porque era de origem muito desfavorecida económicamente, mas subiu pela força do seu talento e tornou-se uma mulher do mundo, estando à vontade em qualquer lugar e com qualquer cultura e estrato social. A Amália fez-se, ponto. Goste-se de fado, ou não.

    ReplyDelete
  6. Lionheart, de origem muito desfavorecida económicamente, mas subiu pela força do seu talento e tornou-se uma mulher do mundo, estando à vontade em qualquer lugar e com qualquer cultura e estrato social, gosto muito disto.
    Rui Gomes, o mote encaixa muito bem nas "necessidades" do Sporting hoje, o necessário balanço entre as 3 dimensões, muita ginástica, já que infelizmente em futebol ganhamos (no Presente) menos que outros ... regressaremos com certeza ao nosso lugar.
    Um abraço grande a ambos.

    ReplyDelete
  7. Genial!!!! Até o Fernando Pessoa era do Sporting. Realmente, o Fernando era um grande amante de futebol...

    Não que isso interesse para alguma coisa.

    ReplyDelete
  8. Depois deste excerto nesse mesmo poema: "Nos Longchamps e nos Derbies e nos Ascots, E Piccadillies e Avenues de l'Opéra que entram Pela minh'alma dentro! "
    Ligar a menção seguinte de "Up-lá hô jockey que ganhaste o Derby,
    Morder entre dentes o teu cap de duas cores!" ao Sporting é de uma fantasia brutal!!!
    Ainda mais tendo o poema sido escrito em Londres... Enfim, devaneios de uma mente que delira e quer fazer do clube mais do que é...

    ReplyDelete
  9. E pela lógica (louca) em que este blog vive, é fácil afirmar então que um dos maiores poetas ingleses, Lord Tennyson, era do Benfica.
    Afinal Bocage é do SCP porque fez um poema com um leão pelo meio (o facto de Bocage ter morrido antes sequer do SCP ter aparecido é um pormenor insignificante para este blog), então Lord Tennyson que fez um com uma águia é do Benfica. O facto de Lord Tennyson ter falecido em 1892 é também um pormenor insignificante.! Querem-se rir? visitem este blog!!

    ReplyDelete
  10. Sabe quem também era sportinguista? O Salazar Carreira.

    ReplyDelete
  11. Uma coisa é segura: ninguém tem duvidas que Shakespeare era visceralmente sportinguista!!!
    E o pobre Camões também: foi uma vil bicada duma águia traiçoeira que lhe vazou o verde olho.:-)

    ReplyDelete