Palmarés

Internacional, equipas

Goalball (D. Adaptado)

1 Taça dos Clubes Campeões Europeus
Hóquei em Patins
:
1 Taça dos Clubes Campeões Europeus
3 Taças dos Vencedores das Taças
2 Taças CERS
Futebol:
1 Taça dos Vencedores das Taças
Atletismo:
Pista feminino
1 Taça dos Clubes Campeões Europeus
Cross masculino
14 Taças dos Clubes Campeões Europeus
Pista masculino
1 Taça dos Clubes Campeões Europeus
Andebol:
2 Taças EHF Challenge

Nacional, equipas

Futebol:
22 Campeonatos Nacionais
16 Taças de Portugal
8 Supertaças Cândido de Oliveira
Andebol
:
18 Campeonatos Nacionais
15 Taças de Portugal
3 Supertaças
Hóquei em Patins:
7 Campeonatos Nacionais
4 Taças de Portugal
2 Supertaças António Livramento
Atletismo:
Pista feminino
46 Campeonatos Nacionais
Pista Coberta feminino
22 Campeonatos Nacionais
Cross feminino

5 Campeonatos Nacionais
Pista masculino

48 Campeonatos Nacionais
Pista Coberta masculino
17 Campeonatos Nacionais
Cross masculino
46 Campeonatos Nacionais
Futsal:
13 Campeonatos Nacionais
5 Taças de Portugal
6 Supertaças
2 Taças da Liga
Natação
:
6 Campeonatos Nacionais feminina
6 Campeonatos Nacionais masculina
2 Taças de Portugal masculina
Basquetebol:
8 Campeonatos Nacionais
5 Taças de Portugal
Voleibol:
2 Taças de Portugal feminino
1 Supertaça feminino
5 Campeonatos Nacionais masculino
3 Taças de Portugal masculino
3 Supertaças masculino

 

 
Inaugurado em Março de 2011, encerrado em Maio de 2014, reaberto sob o mesmo nome mas diferente endereço em Agosto de 2016, é este um pequeno e doméstico espaço onde se olha o passado, o presente e o futuro da maior potência desportiva Nacional.

O melhor do clube são as pessoas, mas não são quaisquer pessoas. Foram os nossos fundadores, atletas e treinadores. É a nossa história. O clube não és tu, não sou eu, nem «somos nós». São eles. As mensagens que publicarmos evidenciarão esse intuito, versando sobre a instituição, a sua notável história, acumulado de feitos presentes e passados, proeminentes homens que a serviram e ergueram, cumprimentando as suas memórias mas mais importante, preservando a sua autoridade, ainda que não vivam entre nós.

A táctica é o fundamento racional do jogo moderno, princípio da sua eficácia

Wednesday, 19 December 2012

Jogam com a habilidade natural com que o destino os fadou, mas raros são os que se decidem aprofundar os seus conhecimentos -- Ribeiro dos Reis, 1927

Como o génio musical ou artístico, a habilidade no football não se desenvolve e apura sem uma aprendizagem cuidada e racional e uma prática persistente e intensa -- Cândido de Oliveira, 1935

Como noutras áreas da actividade humana vingara a análise científica, o que provava que o 'futebol era um jogo desportivo com uma base racional, inteligente e, podíamos acrescentar, científica' -- Cândido de Oliveira, 1949

A táctica é o fundamento racional do jogo moderno, princípio da sua eficácia. Obedecendo a princípios racionais de organização, cabe ao treinador geri-los da forma adequada.

É pouco surpreendente como nos anos 30 e 40 Cândido de Oliveira utilizava, para o futebol, uma linguagem que compreendia termos como análise científica, base racional, inteligente. Os princípios racionais perfeitamente identificados só apareceriam décadas mais tarde. Mas ao mesmo que «o Mestre» Cândido de Oliveira introduz linguagem como esta, não deixa cair algo igualmente importante como o génio musical ou artístico. Ao contrário do que se poderá pensar, a expressão futebol como arte não é metafórica.

0 comentários:

Post a Comment