Palmarés

Internacional, equipas

Goalball (D. Adaptado)

1 Taça dos Clubes Campeões Europeus
Hóquei em Patins
:
1 Taça dos Clubes Campeões Europeus
3 Taças dos Vencedores das Taças
2 Taças CERS
Futebol:
1 Taça dos Vencedores das Taças
Atletismo:
Pista feminino
1 Taça dos Clubes Campeões Europeus
Cross masculino
14 Taças dos Clubes Campeões Europeus
Pista masculino
1 Taça dos Clubes Campeões Europeus
Andebol:
2 Taças EHF Challenge

Nacional, equipas

Futebol:
22 Campeonatos Nacionais
16 Taças de Portugal
8 Supertaças Cândido de Oliveira
Andebol
:
18 Campeonatos Nacionais
15 Taças de Portugal
3 Supertaças
Hóquei em Patins:
7 Campeonatos Nacionais
4 Taças de Portugal
2 Supertaças António Livramento
Atletismo:
Pista feminino
46 Campeonatos Nacionais
Pista Coberta feminino
22 Campeonatos Nacionais
Cross feminino

5 Campeonatos Nacionais
Pista masculino

48 Campeonatos Nacionais
Pista Coberta masculino
17 Campeonatos Nacionais
Cross masculino
46 Campeonatos Nacionais
Futsal:
13 Campeonatos Nacionais
5 Taças de Portugal
6 Supertaças
2 Taças da Liga
Natação
:
6 Campeonatos Nacionais feminina
6 Campeonatos Nacionais masculina
2 Taças de Portugal masculina
Basquetebol:
8 Campeonatos Nacionais
5 Taças de Portugal
Voleibol:
2 Taças de Portugal feminino
1 Supertaça feminino
5 Campeonatos Nacionais masculino
3 Taças de Portugal masculino
3 Supertaças masculino

 

 
Inaugurado em Março de 2011, encerrado em Maio de 2014, reaberto sob o mesmo nome mas diferente endereço em Agosto de 2016, é este um pequeno e doméstico espaço onde se olha o passado, o presente e o futuro da maior potência desportiva Nacional.

O melhor do clube são as pessoas, mas não são quaisquer pessoas. Foram os nossos fundadores, atletas e treinadores. É a nossa história. O clube não és tu, não sou eu, nem «somos nós». São eles. As mensagens que publicarmos evidenciarão esse intuito, versando sobre a instituição, a sua notável história, acumulado de feitos presentes e passados, proeminentes homens que a serviram e ergueram, cumprimentando as suas memórias mas mais importante, preservando a sua autoridade, ainda que não vivam entre nós.

Valeu a pena ver o jogo, Viana.

Sunday, 11 November 2012

Wolfswinkel a marcar. Rui Patrício a confirmar. Eric Dier a estrear-se e a defender muito, e bem. Hugo Viana a jogar (muito). Alan a jogar (muito).

Pedro Proença a anular ... (hoje já é bom árbitro?)

Pensei a propósito do médio do Sporting, infelizmente, de Braga: Hugo Viana não falhou juntar-se ao Sporting, em pelo menos dois momentos diferentes, por ser necessário esforço financeiro ou por questões relacionadas com vencimentos. São antes problemas de avaliação, problemas de futebol, onde quem decide vê quase de certeza Capel como um jogador superior a Viana.

Não são iguais, pois não? Hugo Viana é realmente jogador de futebol. 

Ouço o treinador do SC Braga na televisão. Um gentleman.
Obrigado, José Peseiro.

11 comentários:

Bicadas de Aguia said...

Parabéns pela segunda vitória! E pelo Patricio! E sim, eu agradeço pelo Artur!

MM said...

Não assisti ao Benfica. Até começar o Sporting fui vendo o San Martin vs. Independiente.

Bicadas de Aguia said...

"deixando o recado aos dirigentes leoninos: «Se têm coragem para dizer quando são prejudicados, devem ter coragem para assumir quando são beneficiados»."
Recado do tal gentleman sobre o jogo de hoje...

MaximinoMartins said...

Oi...peço desculpa...

Entrei aqui a pensar que era um blog de sportinguistas...

Mas afinal...enganei-me...!!

MM said...

Bicadas de Águia, disse muito mais do que isso. Bem mais. Viu, escutou? Se sim, não parece. Ou então você e o género de pessoa que só repara nos riscos.

Sinta-se grato por ter José Peseiro no campeonato Português. Fossem 8 ou 9 como ele e o futebol seria certamente outro. Dentro e fora do campo.

Ricardo said...

"Sinta-se grato por ter José Peseiro no campeonato Português. Fossem 8 ou 9 como ele e o futebol seria certamente outro. Dentro e fora do campo."

Concordo, um senhor. Mesmo quando acabou de ser muito prejudicado, soube manter a classe. Para além disso, sabe MUITO de bola. Gosto muito do Peseiro. Há muitos muito muitos anos. Espero vê-lo um dia a treinar o seu clube de coração, que é o meu.

MM said...

Aquilo que o professor José Peseiro afirmou, entre um par de coisas sem importância sobre o árbitro, foi (procurei as declarações nos 3 diários e não as encontrei transcritas por nenhum):

Sou hoje mais sportinguista do que era antes de vir para o Sporting. Saí daqui magoado porque não fui por todos bem tratado, mas o Sporting vive no meu coração e devo muito a este grande clube.

Como dizes, Ricardo: minutos depois de ter perdido quando a sua equipa foi melhor (foi a única que jogou futebol), um jogo onde vá lá saber-se porque foi-lhe também anulado um golo limpíssimo. Mas isto não tem para o caso grande interesse, são questiúnculas do jogo: relevante foi o sentido, a dignidade e a probidade usadas na hora de responder pelo Sporting (enquanto seu ex-treinador).

Para que depois apareçam 3 ou 4 pintelhos a falar de José Peseiro como se estivessem a falar das suas mães. Isto é um futebol de gente estúpida, não têm outro nome.

manuel marques Arroz said...

Continuo a bater na mesma tecla:O Sporting está morto, enterrado, nem clube grande já é. É o Braga. O tal clube que tem 18 campeonatos, 15 taças, 8 Supertaças e uma Taça das Taças.

Em relação ao golo anulado o árbitro fez o seu trabalho,quanto a mim decidiu bem.
Obs:Continua a ser um péssimo árbitro, pois não consegue divorciar-se da clubite e do dever.Se beneficiou alguém certamente que foi quem anda a ser mordido nos calcanhares.

Abraço.

Abraço.

Lionheart said...

A evolução notou-se na primeira parte, em que não se viram resquícios do desaire de quinta-feira. Na segunda parte o braga acelerou o ritmo do jogo e aí o Sporting sentiu bastantes dificuldades, especialmente porque foi largamente inoperante no ataque. A equipa adversária quando sente que o Sporting quase que tem medo de subir no terreno, sente-se muito mais confiante para ir com tudo para cima de nós, e nós nem aproveitámos o espaço que eles deixaram atrás. Assim foi um jogo apenas num sentido, com um perigo constante na nossa área. Não se pode repetir aquilo, de maneira nenhuma. No fundo, esta é uma equipa que tem de adquirir automatismos em tudo: ataque continuado, contra-ataque, contenção de bola e defesa. O que existe é muito atabalhoado, desgarrado, dependente do esforço de alguns jogadores (muitas vezes inconsequente), enquanto outros se escondem do jogo. Aquele meio-campo com Schaars e Elias é muito "overrated", e depois são outros que pagam por tabela.

MM said...

LionHeart, verdade. A primeira parte foi aceitável - julgo que o Braga esperava um Sporting mais forte. A segunda foi jogo de um sentido só. Bastante pior que o Genk, porque o Braga também é melhor que os Belgas. Jogando como jogou ontem o Sporting terá muitas dificuldades para vencer mais de metade das equipas que enfrentará. Só espero que existam melhorias, porque honestamente não vi nenhuma. Wolfswinkel ganhou qualquer coisa com o jogo (bem que precisava de um golo e de uma vitória), Rui Patrício também (grandes exibições dão sempre confiança), mas a equipa em si não esteve melhor relativamente a todos os outros jogos que fez.

Bicadas de Águia, não puxes pelo assunto. Este «post» elogia Wolfswinkel, Rui Patrício, Eric Dier, Hugo Viana, Alan e José Peseiro. Só isso que faz. Não fala contra nada nem ninguém e por isso não tenho que ficar indiferente à ligeireza e má-educação dum badamerdas que - sem qualquer justificação - aparece a dizer 'pensava que este blogue era de sportinguistas'.

MaximinoMartins said...

Há aqui quem nãO mereça a resposta. mas mesmo assim eu vou dá-la...

Este a quem alguém chama néscio e outro respondeu malcriadamente...

É um sportinguista e sócio e ...com as quotas em dia...!!

A razão da meu primeiro comentário em que eu dizia que me tinha enganado ao pensar ter entrado num blog sportinguista, deveu-se ao facto doa pergunra feita no post a perguntar se agora o Proença já era bom árbitro o que deixava implicito que tínhamos sido beneficiados e nos tínhamos calado, e que se fosse ao contrário viríamos dizer que se tratava de um mau árbitro...
Um interrogação assim, não me pareceu de um sportinguista...

Mas foi só isso ...nada que justificasse ter vindo de seguida, creio que o mentor do blog...ofender-me com um palavreado sem qualquer nexo...
É claro que perante uma resposta assim (e sem que entrasse na ordinarice..) lhe dei a resposta que me pareceu merecer...
Ele quis continuara ser mal educado...problema dele...

E por aqui me fico...

Post a Comment