Palmarés

Internacional, equipas

Goalball (D. Adaptado)

1 Taça dos Clubes Campeões Europeus
Hóquei em Patins
:
1 Taça dos Clubes Campeões Europeus
3 Taças dos Vencedores das Taças
2 Taças CERS
Futebol:
1 Taça dos Vencedores das Taças
Atletismo:
Pista feminino
1 Taça dos Clubes Campeões Europeus
Cross masculino
14 Taças dos Clubes Campeões Europeus
Pista masculino
1 Taça dos Clubes Campeões Europeus
Andebol:
2 Taças EHF Challenge

Nacional, equipas

Futebol:
22 Campeonatos Nacionais
16 Taças de Portugal
8 Supertaças Cândido de Oliveira
Andebol
:
18 Campeonatos Nacionais
15 Taças de Portugal
3 Supertaças
Hóquei em Patins:
7 Campeonatos Nacionais
4 Taças de Portugal
2 Supertaças António Livramento
Atletismo:
Pista feminino
46 Campeonatos Nacionais
Pista Coberta feminino
22 Campeonatos Nacionais
Cross feminino

5 Campeonatos Nacionais
Pista masculino

48 Campeonatos Nacionais
Pista Coberta masculino
17 Campeonatos Nacionais
Cross masculino
46 Campeonatos Nacionais
Futsal:
13 Campeonatos Nacionais
5 Taças de Portugal
6 Supertaças
2 Taças da Liga
Natação
:
6 Campeonatos Nacionais feminina
6 Campeonatos Nacionais masculina
2 Taças de Portugal masculina
Basquetebol:
8 Campeonatos Nacionais
5 Taças de Portugal
Voleibol:
2 Taças de Portugal feminino
1 Supertaça feminino
5 Campeonatos Nacionais masculino
3 Taças de Portugal masculino
3 Supertaças masculino

 

 
Inaugurado em Março de 2011, encerrado em Maio de 2014, reaberto sob o mesmo nome mas diferente endereço em Agosto de 2016, é este um pequeno e doméstico espaço onde se olha o passado, o presente e o futuro da maior potência desportiva Nacional.

O melhor do clube são as pessoas, mas não são quaisquer pessoas. Foram os nossos fundadores, atletas e treinadores. É a nossa história. O clube não és tu, não sou eu, nem «somos nós». São eles. As mensagens que publicarmos evidenciarão esse intuito, versando sobre a instituição, a sua notável história, acumulado de feitos presentes e passados, proeminentes homens que a serviram e ergueram, cumprimentando as suas memórias mas mais importante, preservando a sua autoridade, ainda que não vivam entre nós.

Os maiores e mais grandes somos nós

Thursday, 29 November 2012

A palavra chave no título é: GRANDES.

O Benfica não é uma equipa de Benfica.

O Sport Lisboa e Benfica tem equipas em Benfica e fora de Benfica, regionais, inquestionavelmente, da capital e muitas outras regiões das quais destaco a Guarda; sete troféus, cinco equipas, 19 atletas e duas camionetes, os outros, dois troféus, uma equipa, 13 atletas e máquina de expressos.

Luís Filipe Vieira é presidente da Guarda e das outras regiões, também.

Falemos então de Santarém, clubes como o Benfica, o clube Português de Canicultura ou o clube de funcionários da MediaMarkt - «eu é que não sou parvo» - têm equipas a competir nos dois escalões regionais, o Benfica B (com menos um atleta) tem o doble de senas, o MediaMarkt, com 3 múltiplos, não fez dominó. Assim, somando os pontos das duas Ligas distritais teríamos, Benfica 5+5/2 múltiplos; MediaMarkt 0+0 pontos e o Clube Português de Canicultura está, infelizmente, federado em Évora.
Constatamos assim, que apesar dos dois clubes terem dois presidentes, ao analisarmos a gestão conjunta da Guarda e de Santarém, o Benfica e a MediaMarkt estariam a par, mas como não esquecemos que o Benfica B tem um jogo em atraso, o outro (suposto terceiro grande) não competindo o Benfica é o único clube de Benfica verdadeiramente de Lisboa e das regiões.

5 comentários:

Bicadas de Aguia said...

Godinho Lopes, és tu? Só pode ser, frases hilariantes assim...

Bicadas de Aguia said...

"Sporting CP,
Vice-campeão Europeu, 1"



LOLOLOLOLOLOLOLOL
A vossa definição de campeão europeu é fantástica...

Campeão europeu é um clube que ganhou a TCE ou a Liga dos Campeões..

E vocês nem a uma final chegaram....

Logo vice-campeão europeu voces? Só em futsal!!!

Krinas said...

Incrível. Mediomarkl é forçado a passar e Bicos de Àguia mete o doble senas no próprio cú. LOLI

MM said...

Krinas, e que tal se explicasse:

Krinas disse...
Caro MM,
Com muita pena lhe digo que encarnou na perfeição o protótipo de sportinguista amestrado. Penso que não é tão raro como isso. todos os dias contacto com esse tipo híbrido, é aquele que come a papinha toda.
Por várias vezes me perguntei se existiria algum desses espécimes em estado puro, mas em momento algum julguei que se desse à maçada de partilhar connosco a sua sapiência.
A ideia inocente de que a corrupção, a coação e a massiva manipulação da opinião pública tiveram e têm um papel incipiente nos resultados desportivos está desfazada do dia-a-dia do futebol português.


Não se acanhe, assim pretenda.

Krinas said...

Caro MM,

Mantenho o que disse e de facto há muito que acompanho o seu blog e os cavalos de batalha que por aqui move. Admiro essa sua luta, tantas vezes inglória, contra paixões religiosas, neste e noutros espaços.
Sabia que iria recordar-se da minha expressão e é compreensível que pretenda que me retrate. A minha primeira frase do post que cita é abusiva mas decorre da minha reacção extemporânea a uma afirmação sua. Nessa afirmação o MM defendia, a meu ver de modo inocente, que a implementação de um projecto desportivo sólido suplantaria os eventuais entraves causados por corrupção/trafego de influências. Os arautos dessa ideia são precisamente os jornaleiros e os filósofos do futebol, aqueles que nos enfiam com ligas da verdade e quejandos. Pelo que percebi pela sequência dos comentários naquele outro espaço dedicado ao Sporting, o MM presume que eu fui vítima de uma lavagem cerebral por parte de "fazedores de uma teoria da conspiração", respeito a sua opinião. Desculpe lá a minha audácia mas continuarei a frequentar.

SL

Post a Comment