“A substância fundamental do progresso desportivo do Sporting é um fogo clubista que incessantemente se acende. É o suporte de vida do espírito leonino; é uma matéria viva ...”


No que ao Sporting respeita: Inaugurado em Março de 2011, encerrado em Maio de 2014, reaberto sob o mesmo nome mas diferente endereço em Agosto de 2016, é este um pequeno e doméstico espaço onde se olha o passado, o presente e o futuro da maior potência desportiva Nacional.
Ademais: Este é um blogue pessoal no qual se vêem analisados outros temas, bem como um depósito para comentários sobre diversos tópicos que vou deixando um pouco por toda a parte.
Para deixar um comentário: Clica no título do respectivo 'post' (à direita do texto). Alternativamente, usa a tua conta do FB. Regras superficiais de utilização: Emprega bom-senso.

Se retirássemos ao jogo o fenómeno de criação, sobraria alguma coisa?
Futebol não são individualidades, jogadores, peças. E futebol também não é um fenómeno automatizado que se possa resumir ao movimento das peças, ao seu funcionamento colectivo, mecânico ou de engenharia como se de um jogo de tabuleiro tratasse. Futebol anda longe de ser só uma, só outra, ou ambas e por isso está hoje mais empobrecido relativamente a um passado não muito distante. As peças desempenham mais tarefas mas têm menos qualidade, ao passo que a mecânica e o funcionamento colectivo evoluiu muitíssimo. O futebol é mais pobre porque apesar de sofisticado, a expressão individual é percebida como secundária. É pior jogado porque o processo de criação não é suficientemente valorizado e em grande parte do tempo, vai sendo também mal interpretado. Já falámos de Laudrup, Matt Le Tissier, Pedro Barbosa, aqui e ali de Iniesta ou do incomparável Rui Costa, e um tempo existiu onde coabitaram 3 dos melhores do mundo no mesmo relvado, Maradona, Laudrup e Platini. SSC Napoli vs. Juventus FC.

Dragan Stojković não teve uma carreira como as de Laudrup ou Platini, mas é factualmente um dos melhores jogadores de futebol de sempre.

Dragan Stojković, 'Piksi'
(3/3/1965)
Jugoslávia
Jogos Olímpicos 1984: Medalha de Bronze

Estrela Vermelha / FK Crvena Zvezda 1986 - 1990
Liga I Jugoslava: 1987–88, 1989–90
Taça da Jugoslávia: 1989–90

Olympique de Marselha
I Divisão Francesa: 1990–91
Liga dos Campeões Europeus: 1992–93

Nagoya Grampus Eight
Taça do Emperador: 1995, 1999

Se for dado maior relevo a outra coisa que não criação, não falamos de futebol.

Futebol só é criação, Dragan Stojković.

Posted on

Tuesday, 19 June 2012

11 Comments
  1. quem é o homem?

    ReplyDelete
  2. MM

    Tem razão. E há gente na realidade muito criativa.

    O presidente da UEFA, veio afirmar que a Alemanha e a Espanha, VÃO à final.

    Ontem a Dinamarca teve um penálti não assinalado a seu favor.
    Selecção beneficiada - Alemanha!

    Hoje a Croácia teve 2 (dois!) penáltis a seu favor e igualmente não apontados.Contra quem ...? Espanha, pois claro!

    Ele há coincidências do carago...

    Só pode, com tanta criação!

    ReplyDelete
  3. A very different "Moonlight", visually.
    The contrast between the tranquil music and the intense scenes creates a strange, unreal emotion: it's like a dream.

    I actually prefer this to images of moonlit beaches. While it is a quiet and soothing piece, it has underlying strength that matches the physical action. (After all, the master himself is said to have been a fierce, physical fellow, not a feeble wimp... Neither did he invent the title, Moonlight.) There is more than mere lyricism to be perceived: the passion and compassion as in looking at a human - and not a celestial body - the "seeing beyond", if you like. Seeing beyond appearance too, even if one is the King or wears the famous number 10 shirt.

    True creativity both for eyes and ears, perhaps. Love it.

    ReplyDelete
  4. Blogueiros:

    Já viram o mais recente anúncio da Coca Cola?

    Como sabem esta marca deixou de patrocinar o nosso Sporting, tendo ficado apenas com os outros dois.

    Esta notícia não foi muito divulgada pois, obviamente, os gajos percebem que podem existir alguns gajos (como eu!) que ao chegar à prateleira decidam por outra marca.

    Obviamente também que estes gajos fazem estudos de marketing e se as vendas se mantiverem semelhantes dirão que fizeram a opção certa, que a marca Sporting já tem pouco valor de mercado.

    Assim, em vez de andarmos aqui a discutir o sexo dos anjos, que tal criar um movimento de boicote à Coca Cola, devidamente publicitado (com impacto nos media), de modo a mostrar a esses filhos da puta que o país não é azul e vermelho?

    Pessoal, vá lá, vamos fazer esses cabrões sentir nas vendas o que é o Sporting carago!

    ReplyDelete
  5. MM

    Por cá as grandes 'criações' no Futebol, não têm fim ...!

    Falo de mais uma anilada e muito bem conjugada, classificação dos árbitros.

    Até poderão acusar-me de 'mania da perseguição', mas como diria o Marocas, todos temos direito à indignação.

    Vejam então a 'ligação' entre as actuações dos 6 (seis) primeiros classificados e a perda de pontos pelo meu Benfica.

    1 º Classificado - Pedro Proença

    Mais uma vez decisivo na conquista do título pelo clube sub-regional. Influente também e muito no acesso (do 2º clube da 'CosaNorte') à 3ª vaga da 'Champions'.

    2º - Olegário Benquerença

    Começa na oferta do penálti e de 2 pontos a mais, ao 'Sopaponarua' e acaba no escândaloso roubo ao Benfica, em Vila do Conde.

    Mais uma época miserável do homenageado pelo bando dos pintos da AFPuarto.
    O servilismo do costume ...!

    3 º Jorge Sousa

    Na Luz e quando o Benfica vencia (2-0) relança o Nacional no jogo, com um 'penálti', daqueles que só contra o Benfica, são marcados.

    Nota - Dos vários jogos que vi apitados por ele, foi o melhor na época que passou, destes nossos 'dourados' (e não da época dos quinhentinhos !!!) apitadores.


    4 º - João Capela

    Tem por objectivo, na expulsão de jogadores do Benfica, (o protesto do Cardozo a esmurrar a relva, enquanto do outro lado o 'meia-laranja' lhe chamava, fdp!) o tentar dar equilíbrio aos jogos.

    5 º - Artur Soares Dias

    Impediu que a equipa do Benfica ganhasse vantagem em Alvalade. Independentemente do que pudesse vir a seguir. Relevo o resto...!

    6º - Hugo Miguel

    O que roubou 2-(dois)-2 penaltis, em Coimbra. O segundo, sobre o Aimar, visível, pelo Edwin Aldrin, caso este ainda andasse em passeio, pela Lua.

    Ei-los!

    É este o bem cuidado ramalhete dos 6 (seis) primeiros.

    O único arbitro que este ano e de forma efectiva, prejudicou em Barcelos o Fóculpuarto, Bruno Paixão, ficou em 14º lugar.
    A máfia não perdoa.

    Pode vir a perder as insígnias e a categoria de árbitro internacional
    e o acesso, aos chorudos prémios pecuniários desses jogos.

    Na hora da decisão, em campo e na dúvida, eles sabem bem o clube a quem beneficiar. Quem os controla através do C.A. e a suprema figura eclesiástica, a quem 'devem' estas prebendas.

    E assim se condicionam os árbitros
    no futebolzeco deste País.

    ReplyDelete
  6. Artnis, não sei. Sei apenas que o SLB não deve queixar-se de arbitragens. Antes, agradecer-lhes. Tal como deve o FCP.

    ReplyDelete
  7. 'It's like a dream'. My love it's football, not something that should fall short by some attempt of explaining it. It's football same as it is music, a movie or other forms of art. One of the most complete as it uses all of our senses. We connect with it rather than identifying its patterns, it's not something that can be predicted or emulated with the use of formulas. Any. Good football that is, as there is good and bad. It's not an invention too: we can see, smell, touch it, and it's very much do-able just like the sonata and in that sense there's far more than mere lyricism to be perceived, as you said.

    All else is the way we connect with it.

    Couldn't agree more with regards to the title and hadn't for once thought of it: it has little to do with the "moonlight". Sublime is by all means a figure of action, it has movement and passion, something intense, smooth and even peaceful but never static. It's a horrible title if you look at it, and you're very much brilliant. Only little surprisingly, this last piece and bit.

    ReplyDelete
  8. MM

    Agradecer-lhes, o quê?

    Por muito que jogue, quando chega a altura, o ser afastado da luta pelo título?

    Quando o avanço é suficiente num ou noutro jogo, ou na Taça da Liga, beneficia-se o Benfica e assim se tenta 'limpar' os benefícios ao Porto.

    O FóculPuarto quando oscila por jogar pouco e mal, leva sempre o 'empurrãozinho' da ordem.

    O sistema implantado e que descrevi acima, nunca os deixa cair no abismo. Mantêm-nos na luta até ao fim.

    Pois é MM, nesse aspecto vocês são mesmo os 'coitadinhos'.

    Ou não...!

    E olhe que eu tenho boa memória.

    -P.S.-

    Só à 'pála' do Proença este ano e uma vez mais, foram sacados ao Benfica, 5 pontos - 3 na Pedreira e 2 na Luz contra o Porto!

    ReplyDelete
  9. MM

    Mas não vou na conversa oficial.

    Nem todos os males, que levaram o Benfica, a perder este campeonato para o pior Porto dos últimos 10 anos, advieram de más arbitragens.

    Não!

    Houve muitos e graves erros próprios, quer dentro quer fora das 4 linhas.

    - P.S. -

    http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=TvF-0fS4RPs

    Depois de ver isto poderei afirmar:

    Todos 'diferentes', nem todos iguais!

    ReplyDelete
  10. Artnis, não é algo que possa demonstrar mas sim, subscreveria:

    Num contra o outro, SLB e FCP, o favor cai para o lado azul porque é uma contrapartida. A corrupção é um contrato: não gosto do FCP nem do SLB mas se amanhã o seu clube pagar-me não meia dúzia de jantares e outras tantas noitadas com mulheres infelizmente violentadas por redes ou pelo negócio da prostituição do Reinaldo Teles mas, deixe imaginar, uma ou duas moradias, em troca de alguns penalties, faltas ou pontapés de canto, pois teria de cumprir com a minha parte da promessa.

    Se fosse o Sporting, não precisaria de pagar. Consigo imaginar - num cenário de impunidade e laxismo - eu próprio de livre e espontânea vontade apitar todos os penalties que (o SCP) precisasse para vencer alguns jogos menos conseguidos.

    Entre as 2 pois a 1ª é mais forte, porque se não cumprir com a minha parte do acordo o seu clube amanhã não volta a procurar-me e eu perco a contrapartida.

    Os favores ao SLB, são oferecidos.
    Os favores ao FCP, têm um preço.

    No fim, o resultado é em tudo idêntico: 2 organizações que importa arredar dos tecidos social e desportivo Português caso este pretenda transformar-se num organismo saudável e limpo.

    ReplyDelete
  11. MM

    Deve ter sido com esse intuito, que o Supremo dos Legionários fascistas, Góis Mota, entrou de pistola em punho, na cabine do árbitro, no intervalo de um jogo que o Sporting perdia ...

    ou que o 'Brilhante' Abílio colocava à disposição, nas cabinas dos árbitros em Alvalade, caixas de marisco(Santola,Lagosta e Lavagante) vivinho da costa...

    ou que um obeso Duque, ou visconde, sei lá, se encontrava, com 'eles' em Canal Caveira (e não seria só para jantar!) ...

    ou agora em época ainda mais recente a 'saudável', 'limpa' e cardinalícia acção, dum tal PPC- Paulo Pintor Conservação dos mastros.

    E também lhe posso falar do famigerado, projecto social e desportivo, a que deram o pomposo nome do seu mentor ... Rockett!

    Algo correu mal, e o referido dito cujo, o tal 'Rocket' implodiu a Nave Alvalade.

    O Navio, talvez por não ser dos da Expo ...

    vai adernando lentamente!

    Espero que não chegue a afundar, apesar de tudo ...!!!

    -P.S.-

    Para já, quem vai sendo arredado de algo muito importante, os milhões da 'Champions' - o que francamente me agrada - é o seu clube ... !

    ReplyDelete

Search This Blog