Palmarés

Internacional, equipas

Goalball (D. Adaptado)

1 Taça dos Clubes Campeões Europeus
Hóquei em Patins
:
1 Taça dos Clubes Campeões Europeus
3 Taças dos Vencedores das Taças
2 Taças CERS
Futebol:
1 Taça dos Vencedores das Taças
Atletismo:
Pista feminino
1 Taça dos Clubes Campeões Europeus
Cross masculino
14 Taças dos Clubes Campeões Europeus
Pista masculino
1 Taça dos Clubes Campeões Europeus
Andebol:
2 Taças EHF Challenge

Nacional, equipas

Futebol:
22 Campeonatos Nacionais
16 Taças de Portugal
8 Supertaças Cândido de Oliveira
Andebol
:
18 Campeonatos Nacionais
15 Taças de Portugal
3 Supertaças
Hóquei em Patins:
7 Campeonatos Nacionais
4 Taças de Portugal
2 Supertaças António Livramento
Atletismo:
Pista feminino
46 Campeonatos Nacionais
Pista Coberta feminino
22 Campeonatos Nacionais
Cross feminino

5 Campeonatos Nacionais
Pista masculino

48 Campeonatos Nacionais
Pista Coberta masculino
17 Campeonatos Nacionais
Cross masculino
46 Campeonatos Nacionais
Futsal:
13 Campeonatos Nacionais
5 Taças de Portugal
6 Supertaças
2 Taças da Liga
Natação
:
6 Campeonatos Nacionais feminina
6 Campeonatos Nacionais masculina
2 Taças de Portugal masculina
Basquetebol:
8 Campeonatos Nacionais
5 Taças de Portugal
Voleibol:
2 Taças de Portugal feminino
1 Supertaça feminino
5 Campeonatos Nacionais masculino
3 Taças de Portugal masculino
3 Supertaças masculino

 

 
Inaugurado em Março de 2011, encerrado em Maio de 2014, reaberto sob o mesmo nome mas diferente endereço em Agosto de 2016, é este um pequeno e doméstico espaço onde se olha o passado, o presente e o futuro da maior potência desportiva Nacional.

O melhor do clube são as pessoas, mas não são quaisquer pessoas. Foram os nossos fundadores, atletas e treinadores. É a nossa história. O clube não és tu, não sou eu, nem «somos nós». São eles. As mensagens que publicarmos evidenciarão esse intuito, versando sobre a instituição, a sua notável história, acumulado de feitos presentes e passados, proeminentes homens que a serviram e ergueram, cumprimentando as suas memórias mas mais importante, preservando a sua autoridade, ainda que não vivam entre nós.

NO (nélson oliveira) ou a vã glória de ser convocado

Sunday, 27 May 2012



Nélson, o pé frio que nunca venceu nada... a sério.
Cada um de nós tem de ter consciência das qualidades, dos defeitos, do fado que carregamos.
Oliveira, Manoel, retratou o fado/o destino português neste maravilhoso filme... (link)
O fado de Oliveira, Nélson é perder... a sério.
É ser prejudicado [nada lhe sai bem] (tem azar) mas, fundamentalmente, é prejudicar todos os que o rodeiam.
Desde que foi convocado (para o jogo com a Polónia) nunca mais a república portuguesa de futebol venceu, nunca mais a república marcou golos.
Com Nélson, zero; zero com a Polónia, zero com a Macedónia.
Nélson virgem em títulos (a sério) e virgem em golos (no campeonato e na selecção).
Nélson, pá, por favor, vai treinar e grita bem alto: ai, ai, ai, faz um favor a ti próprio e a Portugal... (finge-te lesionado) desconvoca-te.

12 comentários:

pedro oliveira said...

Atenção, nada tenho contra o Nélson, cidadão, a não ser aquilo que já contei aqui a propósito dum jogo no Seixal (e dum mimo que me dirigiu depois, quanto passou por mim, com o jogo a decorrer depois do banhito tomado, à civel, supostamente, de cabeça fria, disse-lhe algo, como:
- Então, Nélson?
(respondeu-me algo, como:)
- Então o cara**o, vim para a rua, não viu?
(é de realçar que não adiro muito ao folclore das roupas, das bandeiras e dos cachecóis, acho que estava com calças de ganga e t´shirt preta, nada que me identificasse como Leão)
Logo a resposta, estava com um senhor ao lado vestido de vermelho e com um cachecol branco e encarnado, não me foi dirigida enquanto Leão, foi para o Povo que pagou 4.50 euros para assistir aquela "malcriadice" no campo e fora dele.
(aquele senhor mais tarde dir-me-ia, parabéns ao seu Sporting e à postura dos seus meninos e do seu treinador, a atitude do meu Benfica, envergonha-me e entristece-me).

Leão da Pradaria said...

LOL voces sao bons!

pedro oliveira said...

Caro Leão da Pradaria,

Um leão numa pradaria? Enfim... há Leões em todo o lado; não sei se somos bons mas somos acutilantes e pensamos pela nossa cabeça
(a seguir vem o MM dizer que adora o Nélson Oliveira e eu rio-me e adoro a liberdade que temos para dizer aquilo que sentimos e que vivemos, presenciámos).
Leão, grande abraço, volta sempre

Anonymous said...

Se eu fosse o educado e bem-formado
"Cozinheiro Sueco" diria:

DEPLORÁVEL.

Como não sou, digo.

ISSO É ESTÚPIDO.

É uma ideia de gente mesquinha e facciosamente estúpida.

E quando por lá existem há largos anos, Micaelos, Postigas, Hugos Almeidas, Varelas e quejandos.

Ou até um João Pereira, a ocupar o lugar dum, bastaria razoável, defesa direito.

pedro oliveira said...

Cara pessoa anónima (que nem sequer tem coragem para inventar um nome)

Eu dou a cara por aquilo que sinto e que escrevo, mas cada um é como cada qual...
De qualquer modo vou dizer aquilo que penso (como sempre)
Acho o NO uma mer*a como pessoa e como profissional de futebol.
É função dele provar que estou enganado.
Marcaria pontos se fingisse a tal lesão, sabe, perfeitamente, que não é um Cardozo, nem um brasileiro/espanhol cujo nome não lembro, nem um Saviola; sabe que é a quarta opção duma equipa que não venceu nada... a sério.
Quanto aos quatro nomes que referes:
1. Hugo Almeida
2. Hélder Postiga
3. Hugo Almeida
4. Varela
Percebo o que pensa, porque são convocados os gajos conotados com o Porto e o único gajo conotado com o Benfica é alvo destas críticas?
É,pá, ò anónimo, pensa... nem o Jesus acredita nele, cagou p'rá ele no jogo com o Leiria e voltou a fazer cocó sobre ele no jogo a seguir que nem lembro com quem foi...

Anti lagartos parvos said...

Esse azedume todo só porque o Nelson Oliveira não foi formado na melhor escola da Via-Láctea, vulgo Alcochete?

Se calhar querias que naturalizássemos o Ribas ou o sobrinho do Zamorano.

pedro oliveira said...

Caro Os Anti-Lagartos São Parvos,

Concordo com o teu «nick» ser anti-lagarto é ser parvo.
Gosto muito dos Lagartos.
Lagartos do Sardoal (distrito de Santarém) joguei várias vezes com eles (perdi algumas, ganhei muitas) boa terra, boa gente... solidária e conhecedora.
Embora adversário no relva/pelado (muitas vezes) sempre, companheiro, camarada e irmão, no campo...
(o futebol como o vejo, como o sinto e como o senti [enquanto jogador] não é feito de ódios Mourinhescos é feito (e sentido) duma amizade reflectida... Guardiolesca.

MM said...

Pedro,
Tal como no outro post do Nelson Oliveira, repito: percebo perfeitamente a antipatia que sentes pelo jogador. Tambem a senti, lendo apenas o relato.

Que idade tinha o Nelson Oliveira aquando do jogo? E comparar com as declaracoes do Tiago Ilori, alguns posts para tras, na sequencia da vitoria por 3-0 em Anfield.

Mas sabes o que mais triste Pedro? Os maus exemplos estao tao repetidos que quase toda a gente acha-os normais. Desculpaveis. Em relacao ao comentario que deixei no post anterior: o mundo e muitas das suas pessoas sao tao merdosas que no lugar de surpreenderem-se com esses maus exemplos - Nelson Oliveira, ainda procurarm abater os bons, e e por isso que quando o FCB aparece associado a UNICEF ou quando o Puyol abraca um adepto do Athletic, algumas pessoas conseguem ver nisso propaganda ou marketing. Tal como Jose Mourinho quando acusou Guardiola ha 1 mes de ser falso promovendo o "culto da perfeicao".

Pedro, pede desculpa pelo merdas do Nelson Oliveira ter mandado o arbitro para o caralho, te-lo chamado filho da puta, e por ter mandado um espectador tambem para o caralho. Lamento dizer-te Pedro Oliveira mas es tu que estas mal, e por isso acho que devias envergonhar-te: o N. Oliveira e um importante jogador de bola e nao merece que venhas aqui dizer qualquer coisa que permite-nos pressentir o tipo de desportista ou pessoa que e.

pedro oliveira said...

Grande MM,

Percebo-te.
Nem tu, nem eu somos de grandes paneleirices.
Contudo, apesar do que fez, coitado do puto.
Ele que prove.
Que mostre que foi, apenas, um momento mau...
Não gosto de crucificar um miúdo por uma atitude irreflectida, tal como não gosto (não gosto mesmo) que Edinho, Liedson, Éder, Baldé, etc.. tenham sido "desconvocados" por duas razões... não são do Benfica; nem brancos

Anonymous said...

"Edinho, Liedson, Éder, Baldé, etc.. tenham sido "desconvocados" por duas razões..."

Estou à beirinha de um ataque de choro de tanto rir.
As tuas opções revelam seres um profundo, bem lá no fundo, diga-se de passagem, "expert" dos nossos futebóis.

"não são do Benfica; nem brancos"

Se a condição prévia é que sejam pretos e tenham alguma ligação à carreira de tiro de Alcoshit, por que não Wilson Eduardo, Yazalde ou um outro Yannick, qualquer?

Anonymous said...

Possivelmente o Pedro Oliveira será de raça negra e terá algum complexo de inferioridade. Na selecção estão os jogadores que o treinador nacional entende como os melhores independentemente da raça. O Nelson Oliveira teve a confiança do treinador por alguma razao. Treinadores de bancada rascas há muitos e o Pedro é um deles. Uma lesão deveria ter o Pedro nas mãos pois assim não escrevia tanta asneira junta.

MM said...

Anónimo,

Concordo nem um pouco com a afirmação de ter sido o Nélson Oliveira convocado por ser branco, em detrimento de outros. E a mesma coisa para o Miguel, o Manuel Fernandes ou o lateral do Bétis que não lembro como se chama, e ao contrário do que disse um dos Anónimos (sobre si) o assunto não me faz sentir vontade mínima de rir. Adianto-lhe no entanto algumas certezas, certezas que até você ou qualquer pessoa minimamente atenta conseguirá perceber (não espero no entanto que perceba):

. O Pedro é bem-educado, imagino muito bem-formado porque alguém como ele não aparece do nada, é o exacto oposto de estúpido e é tudo menos complexado, desculpando-me por estar a negar aquilo de que o acusam já que é dar trela a assuntos que não a merecem.

Mal-educados, mal-formados, complexados, profundamente estúpidos ou simplesmente parvos, são já muitas das pessoas que o lêem. É a vida e tem a importância que tem (nem muito nem muito pouca), simplesmente consequência de como ele diz assinar o que escreve e sujeitar-se ao escrutínio de gente imbecil.

Post a Comment