Palmarés

Internacional, equipas

Goalball (D. Adaptado)

1 Taça dos Clubes Campeões Europeus
Hóquei em Patins
:
1 Taça dos Clubes Campeões Europeus
3 Taças dos Vencedores das Taças
2 Taças CERS
Futebol:
1 Taça dos Vencedores das Taças
Atletismo:
Pista feminino
1 Taça dos Clubes Campeões Europeus
Cross masculino
14 Taças dos Clubes Campeões Europeus
Pista masculino
1 Taça dos Clubes Campeões Europeus
Andebol:
2 Taças EHF Challenge

Nacional, equipas

Futebol:
22 Campeonatos Nacionais
16 Taças de Portugal
8 Supertaças Cândido de Oliveira
Andebol
:
18 Campeonatos Nacionais
15 Taças de Portugal
3 Supertaças
Hóquei em Patins:
7 Campeonatos Nacionais
4 Taças de Portugal
2 Supertaças António Livramento
Atletismo:
Pista feminino
46 Campeonatos Nacionais
Pista Coberta feminino
22 Campeonatos Nacionais
Cross feminino

5 Campeonatos Nacionais
Pista masculino

48 Campeonatos Nacionais
Pista Coberta masculino
17 Campeonatos Nacionais
Cross masculino
46 Campeonatos Nacionais
Futsal:
13 Campeonatos Nacionais
5 Taças de Portugal
6 Supertaças
2 Taças da Liga
Natação
:
6 Campeonatos Nacionais feminina
6 Campeonatos Nacionais masculina
2 Taças de Portugal masculina
Basquetebol:
8 Campeonatos Nacionais
5 Taças de Portugal
Voleibol:
2 Taças de Portugal feminino
1 Supertaça feminino
5 Campeonatos Nacionais masculino
3 Taças de Portugal masculino
3 Supertaças masculino

 

 
Inaugurado em Março de 2011, encerrado em Maio de 2014, reaberto sob o mesmo nome mas diferente endereço em Agosto de 2016, é este um pequeno e doméstico espaço onde se olha o passado, o presente e o futuro da maior potência desportiva Nacional.

O melhor do clube são as pessoas, mas não são quaisquer pessoas. Foram os nossos fundadores, atletas e treinadores. É a nossa história. O clube não és tu, não sou eu, nem «somos nós». São eles. As mensagens que publicarmos evidenciarão esse intuito, versando sobre a instituição, a sua notável história, acumulado de feitos presentes e passados, proeminentes homens que a serviram e ergueram, cumprimentando as suas memórias mas mais importante, preservando a sua autoridade, ainda que não vivam entre nós.

Liga Europa versus Liga dos Campeões

Saturday, 10 December 2011

Frequência das mesmas equipas presentes nos 1/4 final da Liga Europa desde 2004/05 (época onde começou a ver-se disputada por grupos).
As equipas que se repetem a negrito.


20010/11 - 1, Benfica
Benfica
Braga
Dynamo Kyiv
Porto
PSV
Spartak Moskva
Twente
Villarreal
2009/10 - 1, Hamburgo
Atlético
Benfica
Fulham

Hamburg
Liverpool
Standard
Valencia
Wolfsburg
2008/09 - 0
Bremen
Dynamo Kyiv
Hamburg
Man. City
Marseille
PSG
Shakhtar Donetsk
Udinese
2007/08 - 1, Bayer Leverkusen
Bayern
Fiorentina
Getafe
Leverkusen
PSV
Rangers
Sporting
Zenit

2006/07 - 1, Sevilla
AZ
Benfica
Bremen
Espanyol
Leverkusen
Osasuna
Sevilla
Tottenham
2005/06 - 0
Basel
Levski
Middlesbrough
Rapid Bucureşti
Schalke
Sevilla
Steaua
Zenit
2004/05
Austria Wien
Auxerre
AZ
CSKA Moskva
Newcastle
Parma
Sporting
Villarreal

Frequência das mesmas equipas nos 1/4 final da Liga dos Campeões, também a partir de 2004/05. Negrito, as que repetem.

2010/11 - 3, Barcelona, Inter e Manchester United
Barcelona
Chelsea

Internazionale
Man. United
Real Madrid
Schalke
Shakhtar Donetsk
Tottenham
2009/10 - 3, Barcelona, Bayern, Manchester United
Arsenal

Barcelona
Bayern
Bordeaux
CSKA Moskva
Internazionale
Lyon

Man. United

2008/09 - 5, Arsenal, Barcelona, Chelsea, Liverpool e Manchester United
Arsenal
Barcelona
Bayern

Chelsea
Liverpool
Man. United

Porto
Villarreal


2007/08 - 4, Chelsea, Liverpool, Manchester United, Roma

Arsenal
Barcelona

Chelsea
Fenerbahçe

Liverpool
Man. United
Roma
Schalke


2006/07 - 1, Milan
Bayern
Chelsea
Liverpool
Man. United

Milan

PSV
Roma
Valencia
2005/06 - 4, Inter, Juventus, Lyon, Milan

Arsenal
Barcelona
Benfica

Internazionale
Juventus
Lyon
Milan
Villarreal


2004/05
Bayern
Chelsea
Internazionale
Juventus
Liverpool
Lyon
Milan
PSV

3, 3, 5, 4, 1, 4, em 8 equipas, quartos de final da Liga dos Campeões.
1, 1, 0, 1, 1, 0, em 8 equipas, quartos de final da Liga Europa.

Na perspectiva do interesse gerado, diversidade, representatividade ao nível de equipas de nações diferentes, torna-se claro qual das competições é mais importante: Liga Europa. Para um clube como o Sporting disputar a Liga Europa é ambicionar a conquista de um título Europeu. Jogar a Liga dos Campeões será fazer parte de uma competição que tem (quase) sempre 2 ou 3 vencedores antecipados. Nada que invalide, logicamente, ser a Liga dos Campeões a competição onde importa marcar presença. Razão? A descrita na anterior mensagem: relação entre Liga dos Campeões e títulos Nacionais. Para clubes de Portugal é uma relação quase directa. Para outros clubes de outros campeonatos já não. A esse motivo juntam-se o prestígio e a importância dos prémios monetários. Prestígio, quando se faz boa figura.

Pessoalmente, sinto que jogar a Liga dos Campeões e cair nos oitavos-de-final equivale a demasiados meses sem competições Europeias. Não são campanhas Europeias boas ou más. São simplesmente curtas e prefiro por isso o carácter mais democrático e incerto da Liga Europa.

0 comentários:

Post a Comment