Palmarés

Internacional, equipas

Goalball (D. Adaptado)

1 Taça dos Clubes Campeões Europeus
Hóquei em Patins
:
1 Taça dos Clubes Campeões Europeus
3 Taças dos Vencedores das Taças
2 Taças CERS
Futebol:
1 Taça dos Vencedores das Taças
Atletismo:
Pista feminino
1 Taça dos Clubes Campeões Europeus
Cross masculino
14 Taças dos Clubes Campeões Europeus
Pista masculino
1 Taça dos Clubes Campeões Europeus
Andebol:
2 Taças EHF Challenge

Nacional, equipas

Futebol:
22 Campeonatos Nacionais
16 Taças de Portugal
8 Supertaças Cândido de Oliveira
Andebol
:
18 Campeonatos Nacionais
15 Taças de Portugal
3 Supertaças
Hóquei em Patins:
7 Campeonatos Nacionais
4 Taças de Portugal
2 Supertaças António Livramento
Atletismo:
Pista feminino
46 Campeonatos Nacionais
Pista Coberta feminino
22 Campeonatos Nacionais
Cross feminino

5 Campeonatos Nacionais
Pista masculino

48 Campeonatos Nacionais
Pista Coberta masculino
17 Campeonatos Nacionais
Cross masculino
46 Campeonatos Nacionais
Futsal:
13 Campeonatos Nacionais
5 Taças de Portugal
6 Supertaças
2 Taças da Liga
Natação
:
6 Campeonatos Nacionais feminina
6 Campeonatos Nacionais masculina
2 Taças de Portugal masculina
Basquetebol:
8 Campeonatos Nacionais
5 Taças de Portugal
Voleibol:
2 Taças de Portugal feminino
1 Supertaça feminino
5 Campeonatos Nacionais masculino
3 Taças de Portugal masculino
3 Supertaças masculino

 

 
Inaugurado em Março de 2011, encerrado em Maio de 2014, reaberto sob o mesmo nome mas diferente endereço em Agosto de 2016, é este um pequeno e doméstico espaço onde se olha o passado, o presente e o futuro da maior potência desportiva Nacional.

O melhor do clube são as pessoas, mas não são quaisquer pessoas. Foram os nossos fundadores, atletas e treinadores. É a nossa história. O clube não és tu, não sou eu, nem «somos nós». São eles. As mensagens que publicarmos evidenciarão esse intuito, versando sobre a instituição, a sua notável história, acumulado de feitos presentes e passados, proeminentes homens que a serviram e ergueram, cumprimentando as suas memórias mas mais importante, preservando a sua autoridade, ainda que não vivam entre nós.

Selecção de Angola e Sporting Clube de Portugal, deliciosismos

Thursday, 10 November 2011


Dos locais no mundo onde ao nível profissional podemos ver um futebol bem especial, jogado de uma forma muito pura e séria. Futebol que amo. Ao contrário do que muitos afirmam não é visto no Brasil. Podemos vê-lo ao nível de campeonatos e equipas Africanas, futebol feminino e futebol Asiático. Não é mais visto nos Estados Unidos - ligas profissionais - e na Europa há muito desapareceu. Um futebol feito de pormenores, alguns deliciosos.


Mas antes, algumas coisas sobre o jogo: parei de ver neste instante com o resultado ainda em 2-0 para a selecção da casa, resultado que me diz muito pouco. Estupenda esta jornada futebolística do Sporting Clube de Portugal e um orgulho ver as camisolas verde-e-brancas participar na partida, numa taça de nome Independência com uma selecção Nacional de Angola. Este é, para mim, o ponto determinante entre todos. Para o Sporting, porém, existirão outros. Interesses relacionados com a implantação do clube em Angola - nação que ao nível do futebol Português é dominada nos afectos pelo FCP - e claro, elementos invisíveis como protocolos e o mais do género que resultará da digressão. Temos de fazê-lo mais vezes. Não pela compensação monetária mas por ser, em primeiro e último lugar, importante para o clube ir a África, continente Americano, Ásia (China, com obrigatória passagem pela terra da senhora minha Mãe, Macau) e Brasil.

Ir a todo o lado não porque ofereça receita mas por trazer ao Sporting CP dividendos no imediato pouco perceptíveis mas indiscutivelmente valiosos num prazo alargado de tempo.

Posto-o, duas coisas muito pequenas:

. existem pormenores deliciosos. Não sei se alguém reparará mas são para mim nada menos do que fantásticos. Há quanto tempo não via um jogador envergando a camisola 10 actuar como libero.

Extraordinário
, Francisco Zuela, foto exibida pelo Jornal de Angola:
 O perfil superficial do atleta diz que o jogador foi há 2 anos (ao que parece) falado para a Premier League, conotado com o Wigan Athletic.

. há um jogador do Sporting Clube de Portugal que estando no clube há muitos anos foi sempre, para mim, qualquer coisa de especial. Dono de uma técnica soberba e de uma admirável elegância na forma para um guarda-redes de jogar a bola. Falo de Tiago. 
Assistindo à transmissão do jogo relembro o prazer de vê-lo jogar futebol e sem que afirme algo relacionado com o que a carreira do Tiago deveria ter sido e não foi, darei simplesmente, ou sobretudo, graças por ser o Tiago um símbolo do meu clube e servi-lo há tantos anos.

Espero que o sirva muitos mais, enquanto futebolista ou noutras funções.
Fenomenal Tiago, sem menos.

0 comentários:

Post a Comment